UniBH envia voluntários para resgate de animais em Santa Catarina

UniBH envia voluntários para atuar no resgate de animais em situação de risco devido à chuva em Santa Catarina

Professor e estudantes de Medicina Veterinária do UniBH estão na cidade de Presidente Getúlio e já resgataram 55 animais em conjunto com outros profissionais

O Brasil acompanhou na última semana com extrema comoção a destruição que a chuva trouxe para o Vale do Itajaí, em Santa Catarina. O Corpo de Bombeiros, o Exército e outros órgãos concentraram os trabalhos na cidade de Presidente Getúlio para o resgate de pessoas desaparecidas. Mas não foram somente os seres humanos vítimas desta tragédia. Animais também sofrem na região.

Com o intuito de contribuir de forma efetiva para salvar os animais atingidos, o UniBH enviou para a região quatro membros de seu Grupo de Resgate Animal, composto pelo professor do curso de Medicina Veterinária Aldair Junio Woyames Pinto, veterinárias voluntárias egressas do curso, Paloma Ambrósio e Daniele Oliveira e por duas alunas da instituição: Yasmin Portelote e Luiza Queiroz. Além de Presidente Getúlio, a equipe atuou também nas cidades vizinhas como Rio do Sul e Ibirama.

Os voluntários do UniBH estão na cidade desde o dia 19 de dezembro e continuarão contribuindo no atendimento aos animais resgatados até a completa estruturação da equipe local. Apenas no fim de semana, 55 animais foram resgatados, entre peixes, cães, gatos, aves, bovinos e ovinos. Além disso, outros 266 animais foram assistidos a campo e mais de 550 kg de ração foram distribuídos.

O professor e patologista veterinário Aldair Junio Woyames Pinto, destaca que a equipe do Grupo de Resgate Animal do UniBH, está disposta e apta para ajudar em qualquer tipo de trabalho que for necessário.  “Estamos treinados tanto psicologicamente, quanto fisicamente para lidar com as principais situação de desastres. Seja ele o resgate da fauna, a procura das vítimas, auxílio e consultas a animais. Quanto com assistência a população, distribuindo cestas básicas e água para os necessitados”.

Além da equipe do UniBH, a iniciativa conta com o aporte do Conselho Regional de Medicina Veterinária de SC, Defesa Civil, Corpo de Bombeiros e dos alunos e profissionais da Unisociesc e da Unisul, instituições que fazem parte do Ecossistema Ânima.

O professor de biologia da Unisul, Rodrigo Ávila, conta que foi montado um hospital de campanha para atender os animais que estão perdidos e machucados. “Após os animais serem avaliados e medicados, quando necessário, colocamos eles em baias, para ficarem alojados e bem tratados. Quando estão em boas condições clinicas, esses animais são realocados para lares temporários até que se ache o dono ou para serem encaminhamos para adoção. Nosso objetivo é cuidar de todos os animais, sejam silvestres ou domésticos, que estejam em situação de risco”, completa o professor.

Adicionar Comentários

Clique para comentar