Renegado celebra 10 anos do álbum Minha Tribo é Mundo 31/07

Renegado estreia turnê de 10 anos do disco “Minha tribo é o mundo” com show em BH dia 31 de julho

Apresentação inédita no Catavento Cultural terá tributo a Elza Soares, com quem o artista dividiu parcerias nos últimos anos; show traz ainda clássicos dos 20 anos da carreira de Renegado e versões para sucessos como “Malvadão 3” e “Freio da Blazer”

Estabelecido no último período na cidade do Rio de Janeiro e um tempo distante dos palcos belo-horizontinos, uma das principais crias da cidade retorna em grande estilo para uma apresentação inédita. Filho do Alto Vera Cruz, o músico Renegado chega à capital mineira no próximo dia 31 de julho (domingo), no Catavento Cultural (R. Ozanam, 700 – Ipiranga), às 17h, para um show especial de estreia da turnê em celebração dos 10 anos de lançamento do seu segundo álbum, o elogiado “Minha Tribo é o Mundo”.

O trabalho é um marco na trajetória de mais de 20 anos do artista, primeiro por ter consolidado a sua carreira e depois por ter pavimentado o caminho para a formação da sua arte e musicalidade dentro do rap, do pop e da MPB. Os ingressos custam a partir de R$ 30 e já estão à venda pelo site https://www.gofree.co/. A casa abre às 14h.

CLÁSSICOS, NOVIDADES E SUCESSOS

No repertório, Renegado traz canções marcantes da sua discografia, entre eles a música que dá nome ao álbum “Minha Tribo é o Mundo” e faixas do seu mais recente disco, o disco de feats “1221”. O show conta ainda com versões para clássicos da música brasileira, como Réu Confesso, de Tim Maia; Mas Que Nada, de Jorge Ben Jor; A Carne, música eternizada na voz de Elza Soares, além de sucessos do momento, como Malvadão 3, do fenômeno Xamã, e Freio da Blazer, do jovem talento Lennon Frassetti, mais conhecido como “L7nnon”.

Dessa forma, Renegado traz para o seu novo show esse DNA que marca e carrega toda a informação genética-musical da sua trajetória: a contundência e batidas do rap conectadas à diversidade de ritmos e estilos da música negra brasileira e mundial, como o samba, o balanço, soul, R&B, funk e reggae.

TRIBUTO A ELZA SOARES

Um dos momentos mais emocionantes do show é o tributo à Elza Soares em duas músicas. Negão Negra, parceria dos dois lançada em 2020, e Black Power (2021), feat que faz parte do disco “1221″Renegado, último artista a dividir o palco com Elza pouco antes da sua partida, presta suas homenagens e o público ganha a oportunidade de sentir a presença da cantora ao vivo e escutá-la dividindo os vocais com o rapper, enquanto imagens inéditas são projetadas nos telões do palco.

RENEGADO: DISCOGRAFIA E CARREIRA

Nascido e criado na comunidade Alto Vera Cruz, importante região da capital mineira, com rica e diversificada vida cultural, Renegado assumiu o seu posto de destaque na música brasileira já no primeiro trabalho, recebendo o prêmio de Artista Revelação, concedido pelo Prêmio Hutúz, por seu disco de estreia, “Do Oiapoque a Nova York” (2008).

A carreira do rapper consolidou-se também por meio de parcerias com nomes singficativos da cena artística  brasileira, como Diogo NogueiraSamuel RosaRogério Flausino e Bebel Gilberto. Com AnittaRenegado gravou a música Totalmente Demais, tema de abertura da novela homônima da Rede Globo. Com Thiaguinho e Carol Biazin, produziu um feat para o tema principal do filme homônimo produzido e dirigido por Cléo.

O disco “Minha Tribo é o Mundo” (2011) é um ponto auge, projetando Renegado para turnês pelo Brasil e exterior. Na sequência, lançou o “DVD Suave ao Vivo” (2014), com direção musical de Liminha e Kassin e direção artística de Gringo Cardia. Já “Relatos de Um Conflito Particular” (2015) marca o início de um momento novo referenciado pelos trabalhos anteriores que lhe concederam liberdade criativa para que agregasse à sua música influências diversas, além da cultura Hip Hop. Os lançamentos de “Outono Selvagem” (2016), pela gravadora Som Livre, e Suíte Masai (2019), ao lado da icônica Orquestra Ouro Preto, confirmaram a atual e contundente fase do artista, marcada pelo cuidado nos vocais e influência da musicalidade da nova MPB, do soft rock e do samba. Seu mais recente disco, “1221″ (2021-2022), ainda em fase de lançamento das canções, trará 12 feats inéditos com artistas como Dona Onete e a eterna Elza Soares.

O que? Renegado celebra 10 anos do álbum “Minha Tribo é Mundo”

Onde? Catavento Cultural (R. Ozanam, 700 – Ipiranga)

Quando? 31 de julho (domingo)

Horário? A casa abre às 14h / Show às 17h

Informações: (31) 9 8534-2937

Ingresso a partir de R$ 20 pelo gofree

https://eventos.gofree.co/renegado—domingo-3107—catavento-cultural-_24091/

Adicionar Comentários

Clique para comentar