Fazer o bem é tema de livro infantil

No dia 28 de agosto, comemora-se o Dia Nacional do Voluntariado, data celebrada pelas organizações sociais e por pessoas de diversas partes do país onde é realizado o trabalho voluntário dedicado às causas sociais. Nathália Simões, relações públicas e publicitária, com atuação no terceiro setor há 10 anos, escolheu esse mês para lançar, oficialmente, o livro infantil de sua autoria intitulado “Como posso fazer o bem?” (Ed.Gulliver/selo Adelante). 

O livro é um incentivo para as crianças conhecerem as diversas formas de praticar o voluntariado e traz valores essenciais, como a colaboração, empatia e a solidariedade. Por meio do diálogo com sua mãe, a menina Marina, personagem principal da história, compreende que fazer o bem começa com ações simples em seu próprio espaço, mas desenvolve, também, um olhar atento para as carências de atos de gentileza e solidariedade com as pessoas em torno dela. 

Segundo a autora, “foi uma alegria e um grande desafio escrever sobre essa temática para as crianças. Ao mesmo tempo que eu precisava trazer os conceitos para o universo infantil, tornando-os compreensíveis e interessantes, como especialista e palestrante nessa área, não poderia tratá-los de maneira muito simplista, reduzindo toda a riqueza de aprendizado. Os adultos que se aventurarem na leitura, junto com as crianças, poderão ter reflexões muito preciosas”, conta Nathália Simões. No livro, os conceitos de cidadania global, rede colaborativa, sustentabilidade são inseridos com exemplos simples e de afetiva percepção pelas crianças. O artista Anjo (Sérgio Luiz) faz parte do projeto como ilustrador convidado. “Ele trouxe muita cor e diversidade para gerar ainda mais conexão com nossos leitores”, adianta a autora. O obra tem prefácio do filósofo e escritor Rodrigo Starling, fundador da associação Minas Voluntários. 

Adicionar Comentários

Clique para comentar