11ª Primavera de Museus no Memorial Minas Gerais Vale 18/09 a 30/09

Entre os destaques estão teatro de bonecos e ainda o “Traje a rigor”, que apresenta ao público quase 15 figurinos de personagens que marcaram a história mineira para serem explorados pelo público. Peças são assinadas pelo figurinista Ricardo Pereira, o Ricca, em tamanhos adulto e infantil

Seguindo a proposta do Instituto Brasileiro de Museus (IBRAM), o Memorial Minas Gerais Vale – no Circuito Liberdade, recebe o público, durante todo o mês de setembro, para atividades dentro do tema “Museus e suas memórias”. A proposta integra a 11ª edição do Primavera de Museus e, no Memorial Vale, contempla quase dez atividades distintas e gratuitas. Entre os destaques estão ‘Traje a rigor’, em que o visitante tem a liberdade de experimentar vestimentas e adereços de personagens que fizeram parte da história de Minas Gerais; o teatro de bonecos “Poemas e Grinaldas”; ‘Verso encena’, em que o visitante assume o palco da Sala Casa da Ópera para declamar poesias e fazer leituras dramatizadas, também caracterizados; Exposição do Educativo, na qual o visitante poderá conhecer mais sobre as iniciativas do próprio museu para formação de público; além de bate-papo sobre a família mineira. O museu fica na Praça da Liberdade, 640 – Funcionários, esquina com Rua Gonçalves Dias.

A 11ª Primavera de Museus é oficialmente realizada de 18 a 24 de setembro, mas no Memorial Vale terá atrações até 30/9. Confira:

 

Traje a Rigor

:: Aos sábados e domingos. Horários na recepção.

O visitante poderá experimentar vestimentas e adereços de personagens que fizeram parte da história de Minas Gerais como forma de conhecer e vivenciar antigos jeitos mineiros. Uma arara com quase 15 figurinos fica à disposição no Jardim do Memorial e leva o público a ‘vivenciar’ desde o homem primata até a tradicional personagem Chica da Silva. Também fazem parte da atração personagens como namoradeiras, cavalhada, anjo barroco, rei e rainha do Congado, índio Pataxó, bandeirante, jagunço, Tiradentes, João Fernandes, clássicos da sociedade do século 19, moça fantasma – alusivo aos fantasmas de Belo Horizonte, entre outros.

 

Verso encena

:: Aos sábados e domingos. Horários na recepção.

Pensando que teatro é também poesia, o Memorial Vale sede figurinos, adereços e o palco da sala Casa da Ópera para leitura dramatizada de textos poéticos e músicas feita por visitantes de todas as idades.

 

Ateliê Gráfico

:: 16 a 30/9, aos sábados e domingos. Horários na recepção.

A ação educativa propõe um diálogo lúdico e reflexivo com a exposição “Tipologia das Multidões”, da artista Luiza Nobel, com lançamento previsto para o dia 16 de setembro, nas galerias de exposição do museu. Na mostra, o público confere as performances, as poéticas e os vestígios dos arquivos, as acumulações de imagens e objetos selecionados de diversos suportes como livros, coleções de revistas e jornais, assim como fragmentos de fotografias e imagens impressas desgastadas. Dinâmicas e movimentos sugerem novos modos de percepção das imagens, entre as temporalidades expandidas e a memória.

 

Exposição “História do Memorial”

:: Até 30/9. Conforme horário de funcionamento

A exposição apresenta ao público a história do antigo prédio da Secretaria da Fazenda de Minas Gerais, construído em 1897, e que hoje abriga o Memorial Minas Gerais Vale.

 

Exposição do Educativo

:: Até 24/9. Aos sábados, das 10h às 18h; e aos domingos, das 10h às 16h

A exposição apresenta a memória do Educativo do Memorial Minas Gerais Vale. Transformações, produções e a consolidação do Setor são apresentadas ao público, com curiosidades e percepções dos próprios educadores.

 

Encontro de formação do Educativo – Vida familiar em Minas

:: 20 de setembro. Das 12h30 às 14h

Encontro com o pesquisador Rangel Cerceau Netto sobre “A família mestiça e a vida familiar em Minas Gerais colonial”. As relações étnico-culturais criadas com o trânsito humano no Estado.

 

Projeções– Fachada do Memorial

:: 21 de setembro. Das 18h às 22h

Projeções com elementos do Memorial Vale que remetem à memória da cultura mineira e da própria edificação, tombada pelo Patrimônio Histórico.

 

Eu, Criança, no Museu – Teatro de bonecos “Poemas e Grinaldas”

:: 24 de setembro. Das 11h às 12h

Espetáculo será apresentado na escadaria externa do Memorial Vale, baseado no suntuoso cenário de Vila Rica, século 18, quando uma paixão acontece. Este espetáculo conta a história de Marília e Dirceu na lúdica linguagem dos bonecos. Porém, juntamente com esse belo amor, emanam os murmúrios da Inconfidência Mineira e, entre Poemas e Grinaldas, muda-se o rumo dessa história.

 

Data: Até 30 de setembro, no Memorial Vale [oficialmente, de 18 a 24 de setembro]

Horário: Conforme programação

ENTRADA GRATUITA.

MEMORIAL MINAS GERAIS VALE

Endereço: Praça da Liberdade, 640, esq. Gonçalves Dias

Horário de funcionamento: terças, quartas, sextas e sábados, das 10h às 17h30, com permanência até 18h. Quintas, das 10h às 21h30, com permanência até 22h. Domingos, das 10h às 15h30, com permanência até 16h.

 

Patrocinado