Show celebra a potência e intensidade das mulheres na música 23/11

Papisa (SP) e Não Não-Eu (BH) se apresentam no teatro Espanca em Belo Horizonte na próxima quinta (23/11) a partir das 19 horas. A proposta é criar um ambiente intimista numa profusão de beats e synths, dançante e reflexivo ao mesmo tempo. Após esta data os dois projetos seguem para Ouro Preto.

O show traz à tona sentimentos, subjetividades e um olhar das mulheres em diferentes ângulos e perspectivas. Uma poética, muitas vezes suprimida no cenário musical atual, reverbera em diferentes intensidades num show que promete deslocar os olhares da plateia. Na semana do show, Papisa lança novo single e a Não Não-Eu apresenta, pela primeira vez, seu show totalmente eletrônico com remixes do disco lançado este ano.

PAPISA é Rita Oliva, cantora, compositora e instrumentista que passa por uma transformação desde o lançamento de seu trabalho solo em 2016, um EP homônimo, distanciando-se de seus projetos anteriores para trilhar um caminho que é seu. A turnê que sucedeu seu EP de estreia foi feita em grande parte no formato solo com guitarra, loops e programações criadas pela artista, que passou por mais de 10 estados brasileiros, incluindo o Festival Bananada em Goiânia e os paulistas Festival Path e Sonora Festival. Paralelamente às apresentações, composições inéditas tomam forma, modificando e sendo influenciadas pelas vivências dos shows, caminhando para a concepção de seu álbum cheio, previsto para 2018.
Assista o clipe “Intuição”:
https://goo.gl/WW5DjR

NÃO NÃO-EU é uma investigação de desejos escondidos e emoções profundas. Representa um ritual de passagem, um processo de reinvenção. O trio originalmente formado por Pâmilla Vilas Boas (vocal, guitarra, synths), Cláudio Valentin (baixo, synts), Thiago Carvalho (bateria) lançou este ano um disco homônimo pela PWR Records. O disco foi destaque nos principais veículos de música independente como Revista Noize, Miojo Indie, Tenho Mais Discos Que Amigos, New Yeah Música e o site irlandês SWIT (Super World Indie Tunes) que publicou o single “Chão” como um dos melhores lançamentos do mês de julho.

Escute o disco da Não Não-eu lançado em julho:
https://goo.gl/2W1cbt

Música feita por mulheres

Os dois projetos integram o selo PWR Records que atua na difusão do protagonismo das mulheres na música. Diante de um cenário musical no qual muito se fala sobre a inclusão feminina e onde, por muitas vezes, o discurso não corresponde à ação, Hannah Carvalho e Letícia Tomás, decidiram criar, no Recife, um selo no qual as mulheres podem reforçar seu protagonismo na música em todo país.

A ideia teve início quando elas mapearam bandas indies do país que tinham pelo menos uma mulher na sua formação. Em parceria com Nanda Loureiro, do selo cearense Banana Records, construíram uma lista colaborativa online. Hoje o selo reúne em seu cast musicistas de todo o país – https://pwrrecords.bandcamp.com/

 

ENTRADA: R$10 REAIS (pagamento apenas em dinheiro).
Sujeito a lotação do teatro.
23 de novembro, quinta-feira – às 19h
local: Teatro Espanca – R. Aarão Réis, 542 – Centro, BH
show com Papisa \ Não Não-Eu

Adicionar Comentários

Clique para comentar