Conceição Evaristo recebe Troféu Juca Pato de Intelectual do Ano, em novembro, no Flitabira

Autora também participa do Festival, dividindo mesas com a Ministra Cármen Lúcia e com jornalista e atriz Maria Ribeiro

A escritora Conceição Evaristo vai receber o Troféu Juca Pato de Intelectual do Ano, concedido pela União Brasileira de Escritores, durante a terceira edição do Flitabira, que acontece entre os dias 31 de outubro e 5 de novembro de 2023, na cidade mineira, terra de Carlos Drummond de Andrade. A cerimônia de entrega acontecerá no dia 3 de novembro, sexta-feira, às 21h. Tradicionalmente, quem faz a entrega do Prêmio é sempre o ganhador do ano anterior. Dessa forma, o Padre Júlio Lancellotti, condecorado em 2022, vai participar ao vivo, por telão, da entrega. A ministra da Cultura, Margareth Menezes, está convidada para participar da homenagem.

Conceição Evaristo, agora, integra a lista de condecorados pelo troféu, ao lado de Frei Betto, Lygia Fagundes Telles, Carlos Drummond de Andrade, Antonio Candido, Dalmo Dallari, Milton Hatoum, Ignácio de Loyola Brandão, Aílton Krenak e os ex-presidentes da República Juscelino Kubitschek e Fernando Henrique Cardoso, entre outros.

Pela primeira vez, a premiação condecora uma mulher negra. A escolha de Conceição Evaristo foi feita a partir de um voto dos associados da UBE. O prêmio, segundo a entidade, é concedido à personalidade que tenha publicado livro no Brasil, no ano anterior, e se destacado pelo conjunto da obra em qualquer área do conhecimento, valorizando e representando os ideais democráticos. O prêmio é um dos mais tradicionais do País e foi criado em 1962, por iniciativa do escritor Marcos Rey.

O troféu da premiação é a réplica da personagem criada pelo jornalista Lélis Vieira e imortalizada pelo ilustrador e chargista Benedito Carneiro Bastos Barreto, conhecido pelo pseudônimo de Belmonte (1896-1947). A UBE, sociedade civil fundada em 1958, luta em defesa da liberdade de expressão, dos direitos do autor, da cadeia produtiva do livro e pela democratização do acesso à informação. Ricardo Ramos Filho, autor que também é nome confirmado no Flitabira, é o seu atual presidente, e participará da cerimônia.

Conceição Evaristo tem, ainda, duas mesas de conversas programadas para acontecer no Flitabira. Na sexta-feira, dia 3 de novembro, às 21h, junto com Maria Ribeiro, tratam do tema “O homem; as viagens”, norteadas pelo poema de mesmo título, de Carlos Drummond de Andrade.  Já no sábado, dia 4, às 21h, em seguida da premiação, Conceição Evaristo e a ministra Cármen Lúcia, aboradam a temática “O sentimento do mundo”. 

O 3º Flitabira – Festival Literário Internacional de Itabira –, acontece entre os dias 31 de outubro, terça-feira, e 5 de novembro, domingo, no Centro Histórico de Itabira, Minas Gerais, cujo tema central é “Arte, Literatura e Correspondências”. A curadoria é de Afonso Borges e Sérgio Abranches. O evento inaugura na cidade um “circuito cultural” que começa abaixo da Rua Tiradentes e termina na Casa de Drummond, na Praça do Centenário. Todas as atividades do Festival são gratuitas, via Lei de Incentivo à Cultura do Ministério da Cultura, a Lei Rouanet, com o patrocínio do Instituto Cultural Vale e apoio da Prefeitura de Itabira e UBE – União Brasileira de Escritores. O Flitabira tem o patrocínio do Instituto Cultural Vale, via Lei de Incentivo à Cultura, a Lei Rouanet, do Ministério da Cultura, com o apoio da Prefeitura de Itabira e da UBE – União Brasileira de Escritores.

Adicionar Comentários

Clique para comentar