Seminário Mineiro de Pole Dance 24/06 a 26/06

Vem aí o 1º Seminário Mineiro de Pole Dance 

O evento irá oferecer oficinas e debates gratuitos sobre gestão, empreendedorismo, cultura queer, gordofobia, feminismo e técnicas de dança.

Nos dias 24, 25 e 26 de junho acontece a primeira etapa do Seminário Mineiro de Pole Dance. O evento irá oferecer uma programação gratuita com oficinas e debates sobre temas que cercam esse estilo de dança. Participam do seminário os grandes nomes da modalidade de todo o Brasil.

Para o primeiro ano de evento, foram preparadas oficinas e debates sobre temas diversos relacionados ao universo do pole, dentre eles: empreendedorismo, mercado criativo, cultura drag queer, gordofobia, performance, criação e feminismo. 

Todos podem participar. Nos casos em que houver mais procura do que vagas, serão priorizadas pessoas com deficiência, negras, trans ou de baixa renda, além de artistas e professores em formação. Interessades têm até o dia 12/06/2022 para preencher o formulário de inscrição disponível em https://forms.gle/9rURwHnrXmvB71Dq7

Confira abaixo a programação:

OFICINAS

Rotação em Barra Fixa com Taís Daher 

24/6/22, 6ªfeira das 17:00 às 19:00

Oficina abordará a técnica de giros aéreos em barra estática, também conhecido como “rotations”. Indicado para nível intermediário. Oficina on-line pelo Zoom. Necessário possuir acesso a local com pole dance e acesso à internet. 

Taís Daher tem formação em ballet clássico e jazz. Foi 4 vezes campeã de eventos brasileiros de pole art, representou o Brasil no Pole Theatre World e apresentou-se como convidada especial em diversos festivais. Foi jurada do I e II Pole Classique Cup, do Poços de Caldas Pole Dance, do ENAF Pole Battle e do I Curitiba Pole Arte. É proprietária do Orbitais Pole Dance, em Belo Horizonte, e co-organizadora do Festival Mineiro de Pole Dance.

Transições entre Planos com Débora Mozelli 

25/6/22, sábado, das 14:00 às 16:00

Oficina sobre técnicas de pole dance estilo low flow, com giros e transições em plano baixo da barra. Indicado para nível básico/intermediário. Oficina on-line pelo Zoom. Necessário possuir acesso a local com pole dance e acesso à internet. 

Débora Mozelli é artista da dança e produtora cultural de Belo Horizonte (MG). Seu trabalho reúne investigações sobre o feminino, arte drag, burlesco, dança contemporânea e circo. Formada em Comunicação Social pela UFMG e em Dança pelo CICALT (Centro Interescolar De Cultura Arte Linguagens E Tecnologias). Fundadora, gestora e professora do Auê, escola de pole dance e circo de BH. É co-organizadora do Festival Mineiro Pole Dance desde 2020. Foi premiada na categoria Drama Amador da 2ª edição do Pole Theatre Brasil.

Corpo e performance com Grazi Meyer 

25/6/22, sábado, das 14:00 às 16:00

Oficina de criação e experimentação corporal conduzida pela artista da dança Grazi Meyer. Indicado para todos os níveis. Oficina on-line pelo Zoom. Necessário possuir acesso a local com pole dance e acesso à internet. 

Grazi Meyer é atriz, performer, instrutora de pole e dança e sócia proprietária das Maravilhosas Corpo de Baile. Como performer, busca mostrar que todo corpo pode dançar e é capaz de se comunicar e contar histórias celebrando suas habilidades, seus limites e sua história.

Drag Cuir com Eli Nunes 

26/6/22, domingo, das 14:00 às 16:00

Buscando explorar diferentes energias de movimento, expressão e conhecer possibilidades de montação e maquiagem, esta oficina apresentará algumas das referências na arte Drag Queer e King na América Latina, convidando todes a adentrar o caminho da experimentação Drag e propondo a reflexão acerca da energia Cuir e suas reverberações no Brasil. Não é necessário possuir acesso a local com pole dance, é preciso somente acesso à internet. 

Eli Nunes é arte-educadore, que trabalha no campo das artes desde 2008, transitando por linguagens. Se graduou em Dança (UFMG) e hoje integra o Coletivo EnegreSer, a Academia Transliterária e o elenco do Cabaré das Divinas Tetas com sua figura Drag, Lili Bertas. Artista negre e trans, que tenciona questões sociais, políticas e identitárias que são atravessadas por gênero, raça e saber popular, aspectos que direcionam seu fazer artístico.

Como dar aulas para mulheres gordas com Drea Costa 

26/6/22, domingo, das 14:00 às 16:00

Oficina voltada para reflexão sobre gordofobia na dança, com foco na inclusão de corpos gordos no universo do pole dance. Indicado para todas as pessoas interessadas, especialmente instrutoras de pole dance ou danças. Não é necessário possuir acesso a local com pole dance, é preciso somente acesso à internet. 

Drea Costa é uma artivista gorda, praticante e instrutora de pole dance. Seus objetivos principais são desmistificar o corpo gordo como um corpo doente e incapaz, mostrando sua capacidade e potência, ajudar a criar ambientes mais acolhedores e acessíveis, além de auxiliar mulheres a desenvolver relações melhores com seus corpos por meio do pole dance.

Em agosto de 2022, o evento irá oferecer também oficinas presenciais em diversas regionais de Belo Horizonte. Você pode acompanhar as ações do evento pelo perfil do Instagram ou no site. 

Tecendo Trocas: Seminário Mineiro de Pole Dance é um projeto (nº1040/2020) realizado com recursos da Lei Municipal de Incentivo à Cultura de Belo Horizonte.

24, 25 e 26 de junho de 2022

Contato para mais informações: mineiropoledance@gmail.com

(31) 9 9956-6496 (Débora)

Instagram: https://www.instagram.com/mineiropoledance/

YouTube: https://www.youtube.com/channel/UCQRgXRapk9QoDDi8wRIXg6A

Site: https://mineiropoledance.com.br/