Instituto Cervantes realiza mostra de cinema LGTBIQ+ 08/7 a 29/07

Instituto Cervantes realiza, mais um ano, a mostra de cinema LGTBIQ+, desta vez com o ciclo de curtas-metragens “Encontros diversos”

Iniciativa, dedicada à diversidade de gênero, tem um compromisso anual com ciclo de curtas-metragens que trazem diferentes abordagens da realidade LGTBIQ+

No mês de julho, o Instituto Cervantes vai realizar mais um ano da mostra de cinema LGTBIQ+, com o ciclo: ”Encontros diversos”, o qual apresenta sete curtas-metragens de produção espanhola recente. Iniciativa, que conta com programação on-line dedicada à diversidade de gênero, tem um compromisso anual com ciclo de curtas-metragens que trazem diferentes abordagens da realidade LGTBIQ +, e que é apresentada em torno da celebração do Dia do Orgulho.

Nesta edição, o Instituto Cervantes conta com a participação da “Cinemateca Pedro Zerolo” de Madri, que selecionou sete obras que recuperam o espírito militante e de conscientização que este ativista espanhol tinha. Além disso, o programa tem o apoio do “Exterior es Diverso”, plataforma criada pelo pessoal da LGTBI do Serviço Estrangeiro espanhol, bem como seus parceiros e familiares.

Neste ciclo de cinema, que será realizado entre os dias 8 ao 29 de julho, o Instituto Cervantes vai apresentar os seguintes curta-metragens: ”Tarek” (2021), por Anatael Pérez; ”Antes da erupção” (2020), por Roberto Pérez Toledo; ”Hidroalcoholic” (2020), por Roberto Pérez Toledo; ”I Am a Girl” (2019), de Richard Zubelzu; ”Abertura do Windows” (2021), por Vicky Calavia; ”(A)Normal” (2021), por Miguel Parra; e ”Dias Melhores” (2021), de Fran Herrero Ansoleaga.

Segundo o coordenador-geral do Instituto Cervantes de Belo Horizonte, Manuel Valenzuela Villarrubia, o objetivo do programa é oferecer ao público uma visão sobre a diversidade que caracteriza a sociedade espanhola, além de reforçar a importância da causa. “Todas as obras recuperam histórias de vida que servem de exemplo para pessoas de todas as idades. Cada pessoa tem a sua orientação sexual, sua origem étnica e sua crença. Com a transmissão dos filmes, queremos compartilhar nossa experiência e apoio à diversidade”, comenta.

Todas as obras estarão disponíveis, com legendas em português, no mês de julho, no canal Vimeo do Instituto Cervantes por 48 horas, a partir das 15h da data de cada sessão. Interessados podem conferir toda a programação no link:

https://belohorizonte.cervantes.es/br/cultura_espanhol/proximas_atividades_cultura.htm