McDia Feliz 27/08

Casa de Acolhida Padre Eustáquio – CAPE BH, é uma das instituições beneficiadas pelo McDia Feliz 2022

A campanha, que será realizada no dia 27 de agosto, conta com renda revertida para apoiar projeto da Santa Casa BH e a venda dos tickets já começou!

O McDia Feliz, uma das principais campanhas de arrecadação do país em prol de crianças e adolescentes, já tem sua próxima edição confirmada para o sábado dia 27 de agosto. Neste ano, em sua 34ª edição, a ação beneficiará mais de 60 projetos de 50 instituições que atuam na oncologia pediátrica no Brasil, de norte a sul do país. E a CAPE BH, na região sudeste, é uma das instituições apoiadas pela campanha, pelo oitavo ano consecutivo, com projetos em benefício do tratamento oncológico na Santa Casa BH.

Com o McDia Feliz deste ano, a CAPE BH, que desde dezembro de 2013 atua para aumentar as chances de cura de crianças e adolescentes em Minas Gerais, será beneficiada com a venda dos tíquetes antecipados do Big Mac que podem ser adquiridos na CAPE [Alameda Ipê Branco, 28 – Bairro São Luiz – Pampulha | (31) 3401-8000 | WhatsApp (31) 99390-0033], na Provedoria da Santa Casa BH [Rua Álvares Maciel, 611 – Santa Efigênia | (31) 3238-8621 | 3238-8105], pelo site https://www.mcdiafeliz.org.br/comprar/4/0/1/, ou no dia 27 de agosto, diretamente no balcão dos restaurantes do McDonald’s. Neste ano, o tíquete antecipado será comercializado no valor de R$ 18,00.

Para 2022, a organização, que faz parte da rede parceira do Instituto Ronald McDonald, aprovou a realização do projeto “Aliviando a Dor”, que tem como objetivo garantir uma assistência mais segura e de qualidade aos pacientes pediátricos oncológicos atendidos na Santa Casa BH.

O pediatra oncologista e coordenador do Serviço de Oncologia Pediátrica da instituição, Dr. Joaquim Caetano Neto, explica a proposta do projeto. “Durante o tratamento oncológico, as crianças precisam ser submetidas a vários procedimentos invasivos para a coleta de exames de sangue, administração venosa de medicamentos e transfusões, por exemplo. Imagine se, para cada um deles, fosse necessária uma ‘picada’ com agulha, várias vezes ao dia ou na semana? Sem contar o medo de agulha que muitas pessoas têm, independentemente da idade. Uma forma de reduzir ou evitar essa enorme quantidade de ‘picadas’ é o implante de dispositivos venosos, como o cateter venoso central, contemplado no projeto, que permite realizar todos os procedimentos citados e possui o objetivo de contribuir para o ‘alívio da dor’ relacionada ao tratamento. Dessa forma, estaremos oferecendo uma chance de cura para o paciente com qualidade, reduzindo, de alguma forma, o sofrimento associado à doença”, diz.

De acordo com Mônica Araújo, superintendente da CAPE BH, “É um direito da criança não sentir dor, e este é um dos pontos que buscamos atingir com este projeto. A utilização desses cateteres ameniza a dor e o desconforto durante o tratamento, além de trazer maior segurança na infusão de quimioterápicos, reduzindo a frequência de punções venosas dolorosas, com alto poder de infusão, fácil manutenção, e diminuindo o risco para infecções. Por isto a importância da participação da população nesta campanha. Com a ajuda de todos, vamos conseguir!”, explica.

“O câncer ainda é a doença que mais mata na faixa etária de 1 a 19 anos no Brasil, com o surgimento de um novo caso a cada hora (dados do Instituto Nacional de Câncer – Inca). Por isso, precisamos da união e da solidariedade de todos para que possamos mudar essa realidade e levar esperança para milhares de crianças, adolescentes e suas famílias em todo o Brasil”, destaca Bianca Provedel, Diretora Executiva do Instituto Ronald McDonald.

A campanha faz parte da estratégia de atuação ESG da Arcos Dourados, Receita do Futuro.

Sobre o McDia Feliz

O McDia Feliz é o principal evento beneficente do McDonald’s e, atualmente, é uma das maiores mobilizações em prol de crianças e adolescentes no Brasil. A campanha é realizada no país desde 1988, gerando recursos para as instituições apoiadas pelo Instituto Ronald McDonald, que atuam para proporcionar mais saúde e qualidade de vida a crianças e adolescentes com câncer em todo o Brasil. Em 2018, o projeto ampliou seu impacto para beneficiar outra causa de grande importância para o país, a Educação, contribuindo para as ações do Instituto Ayrton Senna. Desde sua primeira edição, mais de R$ 350 milhões já foram arrecadados pelo McDia Feliz.

Sobre CAPE

A Casa de Acolhida Padre Eustáquio (CAPE BH) assiste, atualmente, mais de 600 crianças carentes e seus acompanhantes, é reconhecida como uma das 100 melhores ONGs do Brasil, abrange a integralidade do tratamento contra o câncer infantil, cardiopatia, nefrologia e outras doenças não infecciosas. Aspectos emocionais, nutricionais, sociais, são adequadamente trabalhados. Oferece estadia, alimentação, transporte e atendimentos multiprofissionais para o bem-estar dos acolhidos e familiares acompanhantes.

Sobre a Santa Casa BH

Fundada em 1899, dois anos após a inauguração da capital mineira, a Santa Casa BH é a primeira instituição de saúde de Belo Horizonte. Com 123 anos de atividades, é a maior prestadora filantrópica de serviços ao SUS em Minas Gerais e uma das maiores do Brasil. Durante a pandemia de COVID-19, o hospital adaptou a sua estrutura para o enfrentamento à doença, assumindo, assim, a liderança nos atendimentos aos pacientes na Região Metropolitana de Belo Horizonte, sem deixar de atender, com excelência, todas as outras especialidades. Com capacidade instalada de 19 salas cirúrgicas para procedimentos de média e alta complexidade, essa “cidade da saúde” conta com 1.153 leitos (sendo 202 de terapia intensiva), distribuídos pelo icônico prédio de 13 andares. Em 2021, realizou 43.038 internações, 11.126 cirurgias, 236 transplantes e mais de 100 mil atendimentos oncológicos, entre primeira consulta, sessões de quimioterapia, radioterapia, procedimentos e retornos para controle.

Sobre o Instituto Ronald McDonald

Organização sem fins lucrativos, o Instituto Ronald McDonald (IRM) há 23 anos atua para promover saúde e bem-estar para crianças, adolescentes e seus familiares e contribui para aumentar as chances de cura do câncer infantojuvenil no Brasil. Para atingir esse objetivo, o Instituto Ronald McDonald trabalha promovendo a estruturação de hospitais especializados, a hospedagem para famílias que residem longe dos hospitais, a capacitação de profissionais da saúde para realizarem o diagnóstico precoce, incentiva a adesão a protocolos clínicos e promove disseminação de conhecimento sobre a causa. A ONG faz parte do sistema beneficente global Ronald McDonald House Charities (RMHC), presente em mais de 60 países, coordenando os programas globais: Casa Ronald McDonald, voltado para a hospedagem, transporte e alimentação dos pacientes; e o Programa Espaço da Família Ronald McDonald, que torna menos desgastante o dia a dia das famílias durante o tratamento. No Brasil, há ainda outros dois programas locais: Atenção Integral e Diagnóstico Precoce, com ações específicas de combate ao câncer infantojuvenil. O Instituto conta com o apoio de diversas empresas e pessoas físicas para desenvolver e manter seus programas. Saiba mais sobre os programas e as instituições beneficiadas em www.institutoronald.org.br.

MCDIA FELIZ 2022

Sábado, 27 de agosto – nas lojas McDonald’s

Vendas antecipadas de tickets:

Cape BH, Santa Casa BH ou pelo site https://www.mcdiafeliz.org.br/comprar/4/0/1/ Informações pelo instagram @capebh ou pelos telefones (31) 3401-8000 | WhatsApp (31) 99390-0033

Adicionar Comentários

Clique para comentar