Fazenda Escola entra em funcionamento em Contagem

Expectativa é atender aos cerca de 400 alunos de Medicina Veterinária da Una e implantar projetos que também atendam animais da comunidade

Com projetos que visam o bem-estar e o cuidado animal, o aprendizado prático, e a prestação de serviços à comunidade, a Una Contagem ganha a mais moderna Fazenda Escola da Região Metropolitana de Belo Horizonte (RMBH). Inaugurada oficialmente no último mês de dezembro, a fazenda começa a funcionar nesse semestre para o curso de Medicina Veterinária.

Localizada a 13 km do campus Una Contagem, no bairro Monte Sinai, a Fazenda Escola é uma das maiores da RMBH utilizada para esse fim, possuindo 360 hectares, sendo 190 de pasto e 170 hectares de área de reserva. O ambiente é destinado às aulas do curso de Medicina Veterinária, hoje com aproximadamente 400 alunos.

A fazenda conta com estrutura completa para criação de bovinos de leite e de corte, com ordenha mecânica, troncos de contensão apropriados para aula, baias individuais, um rebanho de 100 bovinos, além de 25 equinos, pista de treino apropriada para diversas modalidades equestres, área de manejo ampla para aulas práticas e 40 ovinos para atender às diversas atividades acadêmicas. 

Segundo o coordenador de cursos da Una Contagem, Gabriel Costa, a Fazenda Escola foi projetada para atender as demandas reais que os alunos encontrarão no mercado de trabalho. “É importante para que os estudantes possam ter a oportunidade de vivenciar a realidade do médico veterinário na lida com os animais. Além as aulas práticas, propiciamos a entrada no programa de internato rural, em que os alunos ficam cinco dias na fazenda acompanhando a rotina cotidiana e a produção dos animais”, explica.

A aluna do 7º período e representante do curso de Medicina Veterinária Louise karen da silva Barreto comemora a conquista. “Esse ambiente é extremamente importante para nossa formação profissional, visto que será através das aulas ministradas aqui que teremos um contato mais direto com os animais. As atividades que serão realizadas aqui nos ajudarão a criar mais confiança, a sermos mais sensíveis às necessidades, não somente dos animais, mais do ser humano, sendo que hoje o nosso papel é trabalhar visando sempre a saúde única, sempre priorizando o bem-estar animal”, diz.

Adicionar Comentários

Clique para comentar