Espetáculo Guardiões – Um Conto de Cordel 18/04 a 25/04

Espetáculo “Guardiões – Um Conto de Cordel” contará com seis apresentações gratuitas para o público infanto-juvenil

Projeto do Coletivo Roof apresenta o Folclore brasileiro e a linguagem de Cordel de forma lúdica e divertida; apresentações online acontecerão em fins de semana, dias 18, 24 e 25/4, às 11h e às 16h

É possível ir ao teatro sem sair de casa? Sim! Essa é a proposta do Coletivo Roof, que oferecerá apresentações online e gratuitas da peça “Guardiões – Um Conto de Cordel”, uma história de aventura e suspense que reúne figuras famosas do folclore brasileiro, como Mula sem cabeça, Lobisomem e Cuca. A estreia do espetáculo acontecerá no domingo, dia 18/4, com apresentações em dois horários: às 11h e às 16h. Outras quatro apresentações estão marcadas para o fim de semana seguinte: no sábado, dia 24/4, e no domingo, dia 25/4, também às 11h e às 16h. As transmissões serão realizadas pelo YouTube do Coletivo Roof, com duração de 60 minutos. 

O enredo, baseado na saga do herói, narra as aventuras de Nina – uma menina amorosa, mas de poucos sorrisos – que adentra uma atmosfera de fantasia ao descobrir o segredo guardado pela sua avó feiticeira e um mago inusitado. Nina é desafiada a entrar na caatinga em busca das lendas folclóricas, até então desconhecidas, que foram libertadas pela sua curiosidade. E para cumprir sua missão, a protagonista percorre um sertão cheio de mistérios até, enfim, descobrir o poder da amizade.

Recentemente, a peça foi contemplada no edital do ProAC Expresso Lei Aldir Blanc, da Secretaria de Cultura e Economia Criativa de São Paulo, o que possibilitou a realização desta temporada.

Informações de serviço:

Espetáculo “Guardiões – Um Conto de Cordel”

  • Programação gratuita para toda a família. Não é necessário se inscrever.
  • Datas: 18/4 (domingo), 24/4 (sábado) e 25/4 (domingo), às 11h e às 16h.
  • Onde assistir: Canal do Coletivo Roof no YouTube: https://www.youtube.com/coletivoroof

———– Release completo:

Espetáculo “Guardiões – Um Conto de Cordel” contará com seis apresentações gratuitas para o público infanto-juvenil

Projeto do Coletivo Roof apresenta o Folclore brasileiro e a linguagem de Cordel de forma lúdica e divertida; apresentações online acontecerão em fins de semana, dias 18, 24 e 25/4, às 11h e às 16h

É possível ir ao teatro sem sair de casa? Sim! Essa é a proposta do Coletivo Roof, que oferecerá apresentações online e gratuitas da peça “Guardiões – Um Conto de Cordel”, uma história de aventura e suspense que reúne figuras famosas do folclore brasileiro, como Mula sem cabeça, Lobisomem e Cuca. A estreia do espetáculo acontecerá no domingo, dia 18/4, com apresentações em dois horários: às 11h e às 16h. Outras quatro apresentações estão marcadas para o fim de semana seguinte: no sábado, dia 24/4, e no domingo, dia 25/4, também às 11h e às 16h. As transmissões serão realizadas pelo YouTube do Coletivo Roof, com duração de 60 minutos.

O enredo, baseado na saga do herói, narra as aventuras de Nina – uma menina amorosa, mas de poucos sorrisos – que adentra uma atmosfera de fantasia ao descobrir o segredo guardado pela sua avó feiticeira e um mago inusitado. Nina é desafiada a entrar na caatinga em busca das lendas folclóricas, até então desconhecidas, que foram libertadas pela sua curiosidade. E para cumprir sua missão, a protagonista percorre um sertão cheio de mistérios até, enfim, descobrir o poder da amizade.

Para o coletivo, a imaginação ainda é a melhor forma de construir adultos criativos, sagazes e sonhadores. “Além de despertar a imaginação, o espetáculo cria um momento de conexão familiar com a arte, mesmo neste período em que não podemos nos encontrar presencialmente nos teatros e espaços de cultura. A narrativa traz a reflexão sobre o valor da amizade verdadeira, além de apresentar a base cultural folclórica e histórica do país para o público infanto-juvenil”, afirmam.

O Folclore é considerado pela Unesco sinônimo de cultura popular, representando a identidade social de uma nação e parte essencial de sua cultura. Com conteúdo educativo e após intenso trabalho de pesquisa, “Guardiões – Um Conto de Cordel” desperta a curiosidade de crianças e adolescentes sobre as lendas folclóricas, abordando temas relevantes, como o respeito às diferenças e o conhecimento ambiental e da cultura popular.

A trilha sonora, a cenografia e os figurinos foram desenvolvidos pela própria equipe e representam a manutenção da cultura neste período difícil de isolamento social. “Acreditamos que esse espetáculo gratuito e online é uma ótima oportunidade de mostrar que a cultura pode se adaptar às dificuldades. Entendemos a força da tecnologia, principalmente durante a pandemia, e sabemos que nosso público está cada vez mais presente nas plataformas digitais”, complementam os membros do Coletivo Roof. “Este é um de nossos principais objetivos: manter a arte acessível para todos aqueles que buscam diversão, aprendizados e novos pontos de vista sobre o mundo”, finalizam.

Recentemente, a peça foi contemplada no edital do ProAC Expresso Lei Aldir Blanc, da Secretaria de Cultura e Economia Criativa de São Paulo, o que possibilitou a realização desta temporada.

Informações de serviço:

Espetáculo “Guardiões – Um Conto de Cordel”

Ficha técnica/equipe:

Gestão e Administração: Via Cultural

Direção Geral: Coletivo Roof

Dramaturgia: Bruno Eustáquio

Espetáculo criado a partir da obra: Guardiões do Tempo, de Luan Carvalho

Elenco: Bruno Eustáquio, Carla Varjão, Heloise Fernandes, Milton Aguiar, Renata Toledo, Rosemary Bertollucci, Silvio Sanches e Vicente Dunorte

Direção Musical: Vicente Dunorte

Direção de Arte: Bruno Eustáquio

Figurino: Bruno Eustáquio

Coreografia: Renata Toledo

Visagismo: Gabriel Carvalho

Direção e Operação de Luz: Alexandre Zullu

Sonoplastia: Eduardo Góes

Contra-regra: Franz Granja

Direção de Produção: Milton Aguiar

Produção Executiva: Tânia Brigantini

Sobre o Coletivo Roof:

O Coletivo Roof conta histórias de mistério e contos fantásticos para os adultos do futuro. Criado em março de 2019, formado por atores que acreditam na força que a imaginação tem de formar seres humanos pensantes e criativos e que se uniram para levar aos palcos o resultado de suas pesquisas. Seus espetáculos buscam desmistificar o medo e mudar a concepção do belo, mostrando que todos somos iguais e diferentes.

Adicionar Comentários

Clique para comentar