Concerto Orquestra Filarmônica de Minas Gerais 01/07 a 31/07

FESTIVAL LIBERTÉ, DA ALIANÇA FRANCESA, CELEBRA A FESTA NACIONAL FRANCESA

PROGRAMAÇÃO TRAZ SHOWS, CONCERTOS, EXPOSIÇÃO E MUITO MAIS AO LONGO DO MÊS DE JULHO

Considerada um marco na história mundial, a Revolução Francesa é celebrada, todos os anos, em vários países com a Festa Nacional Francesa. Em Belo Horizonte, o Serviço de Cooperação e Ação Cultural da Embaixada da França em Minas Gerais, o Consulado Honorário da França e a Aliança Francesa de Belo Horizonte, realizam o Festival Liberté, para que o público da capital mineira possa entrar em clima francês e também celebrar. Durante o mês de julho há uma programação repleta de shows, concertos, exposição, conferência, entre outras atividades culturais.

A Festa Nacional Francesa marca o dia 14 de julho, data da Queda da Bastilha que provocou a Revolução Francesa e as muitas transformações que vieram a seguir e vemos nos livros de História. Como forma de homenagear tudo o que essa data representa, o festival tem como tema a Liberdade, que faz parte de um dos lemas principais da França “Liberté, Égalité, Fraternité”, e também figura a bandeira de Minas Gerais, inspirada na Revolução Francesa.

A grande festa tem início com show do Entrée Libre, no dia 1º de julho, a partir das 19h, no Sula com entrada gratuita. O duo que nasceu em 2019 é formado por Emmanuel Jarrige e Ludovic Bailly. Dos seus primeiros covers de Paul McCartney até a quarentena que passaram juntos, surgiram letras que transmitem o estranho tempo de pandemia e também experiências pessoais e ficção. No primeiro EP, “Corps à Corps, é possível perceber influências da elegância de Flavien Berger, da genialidade de Mac DeMarco e dos contrastes energéticos do LCD Soundsystem. A dupla também se apresenta no Festival Sensacional, que acontece no dia 2 de julho, no Parque Ecológico da Pampulha.

Já no dia 7 de julho, às 19h, acontece o show de Laís Lacôrte no Projeto Zás, no Teatro da Assembleia Legislativa de Minas Gerais, com entrada gratuita. A apresentação também conta com Daniel Guedes, na percussão, e com os instrumentistas Aloízio Horta e André Oliveira. No repertório estão clássicos da língua francesa como La vie en rose (Edith Piaf), Simplement (Mayra Andrade), Jardin d’hiver (Henri Salvador), La lune de Gorée (Gilberto Gil) e Carmen (Stromae), canção cuja intepretação rendeu à Laís Lacôrte o prêmio do Festival da Canção Aliança Francesa em 2020.

Outra atração do Festival é a exposição “Gemini – Exposição em quadrinhos de Rogi Silva e Clémence Bourdaud”. O quadrinho franco-brasileiro ressalta a arte do desenho em uma instalação digital interativa, onde o público faz uma imersão na história e conhece uma nova perspectiva de narrativa. Com entrada gratuita, a mostra fica em cartaz na Casa Fiat de Cultura de 14 de julho a 14 de agosto.

No dia 16 de julho, é realizada a Festa Francesa, para celebrar a Queda da Bastilha. A Praça José Mendes Júnior, próxima à Praça da Liberdade, recebe shows e várias atrações, além de comidas típicas para comemorar.

No mesmo dia, às 16h, há edição do Dança em Trânsito, festival internacional de dança contemporânea que tem por objetivo valorizar, promover e democratizar esta expressão. A Cie Felinae, originária de Toulon (França) apresenta a coreografia “Emprise” na Praça da Liberdade. A participação é gratuita.

A Aliança Francesa convida, no dia 28 de julho, a professora e doutora Heliana Angotti-Salgueiro a apresentar a conferência “Belo Horizonte – um estudo de caso no âmbito do modelo da Ecole des Beaux-Arts de Paris”. O bate-papo, que acontece online a partir das 16h, propõe uma reflexão retrospectiva sobre as reapropriações do modelo da escola francesa de Belas Artes na construção de Belo Horizonte.

Para finalizar as celebrações, a Orquestra Filarmônica de Minas Gerais apresenta o concerto “Itinerários Sonoros – França” no dia 31 de julho, às 11h, na Sala Minas Gerais. Sob a batuta do maestro José Soares, o público pode conferir clássicos franceses como Bolero, de Ravel; Carmem: Suíte nº 1 e nº 2 (excertos) e L’Arlésienne: Suíte nº 2: Farandole, de Bizet; Pavana, op. 50, de Fauré; Thais: Meditação, de Massenet; e O burguês fidalgo: Abertura, de Lully.

O Festival Liberté é promovido pelo Serviço de Cooperação e Ação Cultural da Embaixada da França em Minas Gerais, Consulado Honorário da França e Aliança Francesa de Belo Horizonte. Conta com o apoio da Coordenação Nacional das Alianças Francesas do Brasil, da Casa Fiat de Cultura, da Assembleia Legislativa do Estado de Minas Gerais, por meio do programa Assembleia Cultural, do Festival Internacional de Quadrinhos de Belo Horizonte, do Festival Sensacional, da Academia Mineira de Letras, da Biblioteca Pública Estadual de Minas Gerais e da Orquestra Filarmônica de Minas Gerais.

Aliança Francesa de Belo Horizonte

Festival Liberté – Ao longo do mês de Julho

Shows com Entrée Libre

Data: 1º de julho, às 19h

Local: Sula (Condomínio do Edifício Sulamérica – Av. Afonso Pena, 955, Centro)

Ingressos: entrada gratuita (sujeita à lotação do espaço)

Classificação: 18 anos

Apresentação do cartão de vacina com, pelo menos, 2 doses.

Data: 2 de julho, 12h – 22h

Local: Festival Sensacional, no Parque Ecológico da Pampulha

Ingressos: https://www.sympla.com.br/evento/festival-sensacional-2022/1531498

Projeto Zás com Laís Lacôrte

Data: 7 de julho, às 19h

Local: Teatro da Assembleia Legislativa de Minas Gerais (R. Rodrigues Caldas, 30 – Santo Agostinho, Belo Horizonte)

Entrada gratuita

Gemini – Exposição em quadrinhos de Rogi Silva e Clémence Bourdaud
Data: De 14 de julho a 14 de agosto

Local: Casa Fiat de Cultura (Praça da Liberdade, 10 – Funcionários)
Sala de acolhimento – 1º andar

Entrada gratuita

Festa Francesa

Data: 16 de julho

Local: Praça Mendes Júnior

Dança em Trânsito

Cie Felinae apresenta “Emprise”

Data: 16 de julho, às 16h

Local: Praça da Liberdade

Entrada gratuita

Conferência “Belo Horizonte – um estudo de caso no âmbito do modelo da Ecole des Beaux-Arts de Paris”. 

Palestrante: Profa. Dra. Heliana Angotti-Salgueiro

online em português

Data: 28 de julho, às 16h

Duração: 1 hora

Plataforma Zoom

Participação gratuita

Concerto Orquestra Filarmônica de Minas Gerais – Itinerários Sonoros – França

José Soares, regente

BIZET | L’Arlésienne: Suíte nº 2: Farandole
LULLY | O burguês fidalgo: Abertura
MASSENET | Thais: Meditação
FAURÉ | Pavana, op. 50
BIZET | Carmem: Suíte nº 1 e nº 2 (excertos)
RAVEL | Bolero

Data: 31 de julho

Local: Sala Minas Gerais (Rua Tenente Brito Melo, 1090 – Barro Preto)

Mais informações: www./aliancafrancesabh.com.br/