Coleção Fluxus no Mural Templuz 23/06 a 25/08

Tranças e tramas volumosas de Carol Barreto no Mural Templuz

Obra ficará exposta até agosto de 2020

O Mural Templuz receberá, a partir de 23 de junho, a  “Coleção Fluxus”, da artista e estilista Carol Barreto. A obra é um convite à reflexão sobre os reais valores estéticos da contemporaneidade e estampará o paredão lateral da Templuz na Avenida Nossa Senhora do Carmo, 1150, em Belo Horizonte/MG.

“Expor no centro de BH nos dá a oportunidade de oferecer uma alteração momentânea na paisagem urbana, que pode gerar uma provocação. Isso nos ajuda a pensar no quanto se dá anuência ao racismo quando naturalizam nossa invisibilidade nos espaços privilegiados e de poder na sociedade”, destaca a artista. 

Carol Barreto ganhou visibilidade internacional nas passarelas de Dakar, Paris e Luanda, além das galerias de arte em Chicago, EUA, Toronto, Nova York, Cidade do México e Brasil. Ainda criança, entendeu sobre o preconceito e, diante de um caminho repleto de “porquês”, veio, por meio de suas obras, enriquecer a história. 

Na imagem, Carol retrata o legado da Diáspora Africana que, segundo sua origem grega, está relacionada à dispersão das pessoas em relação à sua origem comum. “Na Fluxus, as tranças e tramas volumosas contrapõem-se ao traço de modernidade, caracterizado pelo ponto minimalistico das peças. Ao mesmo tempo que é futurista, faz referência às culturas tradicionais”, explica a Carol.

·         Duração: até 25 de agosto de 2020

·         Horário: qualquer horário

·         Local: Templuz Iluminação (Avenida Nossa Senhora do Carmo, 1150, Sion BH/MG)