Coca-Cola FEMSA Brasil promove capacitação profissional para mulheres

Coca-Cola FEMSA Brasil promove capacitação profissional para mulheres em Belo Horizonte

Iniciativa oferece curso gratuito para trabalhadoras se qualificarem como operadoras de empilhadeira no segmento de bebidas

A Coca-Cola FEMSA Brasil, maior engarrafadora de produtos Coca-Cola no mundo em volume de vendas, promoveu, neste mês, um curso de capacitação gratuito de operadora de empilhadeira, direcionado a mulheres em situação de desemprego e vulnerabilidade social. A primeira turma do projeto em Minas Gerais foi oferecida na unidade operativa da Coca-Cola FEMSA Brasil em Belo Horizonte, localizada na região nordeste.

A formação, com duração de 16 horas/aula, apresentou, de forma detalhada, os conhecimentos teóricos e práticos quanto à operação e segurança nas empilhadeiras para as participantes conquistarem a habilitação. As aulas práticas ocorreram no pátio da unidade, com as empilhadeiras utilizadas pela empresa para movimentar os produtos no processo de distribuição.

A iniciativa visa ampliar as possibilidades de colocação de mulheres no mercado para trabalharem no segmento de bebidas. “Ser mulher ou mãe não nos impede de querer vencer e crescer. A FEMSA abriu essa oportunidade e eu agarrei”, conta Tatiana laktim de Castro Santos, uma das participantes do curso. “Nós somos a parte mais sensível do mercado de trabalho e, com essa oportunidade, podemos mostrar que somos fortes e guerreiras”, complementa Sabrina Anastácio Costa Abreu, que também integrou a primeira turma.

Para a participante Ana Luiza Candida Batista, a capacitação abriu mais um leque de oportunidades para se reinserir no mercado de trabalho. “Fui mãe na adolescência e ouvi muitos julgamentos de que, a partir dali, minha vida tinha acabado, que eu não teria nenhuma formação. Ao contrário, sinto que meu filho é a minha motivação e quero muito dar um futuro melhor para ele. Por isso, venho investindo na minha formação e a FEMSA hoje me ajudou muito com isso; tenho mais um curso para incluir no meu currículo”, conta.

Ao final da atividade, as participantes receberam um certificado de conclusão do curso de qualificação. Elas também tiveram os currículos cadastrados para participar de processo de seleção na própria Coca-Cola FEMSA Brasil e estão habilitadas a concorrer a vagas nas demais empresas do setor.

O projeto Escola de Empilhadeiras integra um conjunto de ações promovidas pela área de Inclusão & Diversidade da companhia. A gerente de Talento e Cultura da Coca-Cola FEMSA Brasil, Priscylla Haddad, destaca que a empresa busca promover a equidade de gêneros em todas as áreas. “Um dos principais motivos de a equidade de gênero ser um desafio para o mercado de trabalho é a questão cultural. Muitas posições ainda têm o estereótipo de serem exclusivamente masculinas, como nas áreas técnica e industrial, na distribuição e no comercial, funções ainda ocupadas majoritariamente por homens”, destaca. A companhia também iniciou, neste ano, os projetos “Escola de Promotoras” e “Escola de Operadoras de Produção”, que formam mulheres para os respectivos cargos no segmento de bebidas.

Adicionar Comentários

Clique para comentar