Um dia de Carnaval e Haja Amor… 09/12

Haja Amor: Sol, purpurina, carnaval e bloco na rua
“Evento reúne a diversidade do carnaval de rua, promete antecipar a folia e viabilizar o cortejo de 5 blocos”
“Blocos realçam a diversidade do carnaval em festa inédita”
Cinco blocos que reforçam o atual momento de diversidade do carnaval de rua de Belo Horizonte, realizam a festa Haja Amor. Evento que antecipa toda alegria das ruas, terá seus recursos investidos no cortejo dos blocos realizadores e acontece no dia 9 de dezembro na Vila Albertini.
Alô Abacaxi, Angola Janga, Asa de Banana, Beiço do Wando e a Roda de Timbau são agremiações carnavalescas com identidades marcantes e distintas, tanto na musicalidade quanto nos foliões que puxam pelas ruas, e dão a festa a marca da diversidade, do encontro, do respeito e do amor em comum: o carnaval.
O evento promete transportar o público para os dias mais vibrantes de fevereiro, com muito sol, gente de todas as tribos, caminhão pipa, purpurina à vontade e claro a bebida oficial do carnaval de Belo Horizonte: O Catuçaí do Nandão, o Drink do Amor!
Feira Colmeia
A festa Haja Amor conta também com uma feira de produtores independentes e criativos, repleta de gêneros carnavalescos, acessórios, roupas e etc. Ótima oportunidade pra repaginar o brilho e o glamour, além de fortalecer a cadeia produ/criativa do carnaval da cidade.
Os Blocos
Alô Abacaxi: Reúne militância irrestrita a causa LGTB, prega a diversidade de forma ampliada. Seja quem você quer ser. Trabalhamos no bloco muito o mote “Que Fruta você é” e estamos vendo bastante repercussão em relação a isso. Nosso visual baseia-se em elementos tropicais mas sempre pensando na metáfora das frutas e diversidade. Nossa musicalidade está centrada no campo semântico da Tropicália, o bloco navega de Caetano à Mutantes.
Angola Janga: Bloco afro dedicado ao empoderamento negro através de suas práticas, repertórios e busca também dar visibilidade a negritude no carnaval de Belo Horizonte. Sua musicalidade também está marcada por citações a ritmos que reforçam a ancestralidade negra.
Asa de Banana: O Caçula do encontro, fará seu primeiro desfile em 2018, mas já nasceu “grande”, com formação de bateria ao longo do ano e uma comunicação igualmente atuante. O bloco homenageia as bandas Asa de Águia e Chiclete com Banana.
Beiço Do Wando: Inspirado no cantor “Wando” o bloco despontou o brega no carnaval. Tem grande alcance de público e a maior bateria dos blocos envolvidos na festa.
Roda de Timbau: Famosa por sua bateria envolvente e seu repertório “diferente”, “lado b”  é outra marca do bloco, que se farta também de guitarras hard rock, resultando numa explosão musical alucinante. Tem a linguagem musical e estética também pautada pelo imaginário da “macumba”.
Fortalecer a diversidade. Construir um carnaval independente. A Haja Amor busca os sorrisos de todos que comungam dessa mesma paixão e para isso os ingressos estão a preços populares. Toda a arrecadação da festa será revertida para o financiamento dos cortejos 2018, vale ressaltar.
Dia: 09 de dezembro, às 14 horas.
Local: Vila Albertini – Rua Cristal, 137, Santa Teresa, BH/MG.
Ingressos:
Lote Promocional: Esgotado
1º Lote: R$ 15,00
2º Lote : R$ 20,00
Promocional Poliamor: R$ 30,00 (Acreditamos em todas formas de amar, compre 3 e vem com a gente)

Patrocinado