Show de Felipe de Oliveira: Coração Disparado 28/06

Show para apresentar seu primeiro disco será no dia 28 de junho, quinta-feira, no Teatro Bradesco. No palco, música e dramaturgia se unem para exaltar as relações de amor

“Coração Disparado” é o álbum de estreia do cantor e intérprete, Felipe de Oliveira, que será lançado no dia 28 de junho, quinta-feira, às 20h30, no Teatro Bradesco. Produzido com recursos obtidos em uma campanha de financiamento coletivo, o disco traz 11 canções. O show de lançamento vai proporcionar à plateia uma experiência que extrapole o sonoro e tangencie o visual, a narrativa e a dramaturgia, associando repertório quase todo inédito, do novo CD, a releituras de grandes compositores. Caetano Veloso, Chico Buarque, Milton Nascimento, Roberto Carlos, Gonzaguinha e Ednardo estão no set list.  Com direção artística do próprio Felipe ao lado de Babaya Morais, no show, o cantor usa cenicamente sua voz andrógina assumindo um eu-lírico que canta a maneira contemporânea de lidar com o amor. “A ideia é provocar uma reflexão política e poética sobre a mediação das relações humanas”, adianta o artista. Felipe de Oliveira se apresenta ao lado dos músicos Marco Aur, André Milagres, Cláudio Kiari, João Paulo Drumond e Julian Tarragô, com direção musical de Barral Lima.

CD “Coração Disparado”

Felipe de Oliveira conta que “Coração Disparado” (Under Discos) é um disco sobre amor, mas numa perspectiva que não é convencional. “As pessoas não vão encontrar nenhuma música romântica, mas, sim, reflexões sobre a mediação das relações amorosas sob várias perspectivas. Algumas apaixonadas, outras pessimistas, outras otimistas, críticas, ácidas, relacionamento abusivo, violência doméstica, ficar com várias pessoas, ficar com uma só, enfim, aprender a amar”, diz. Para o músico,  dentro do amor, as situações e contextos são diversos no disco. “Sobre sonoridade, meu compromisso sempre foi com a música brasileira. Dessa vez, nós nos aproximamos de uma estética mais world music, sem nos prender a um só estilo. Eu classificaria como Nova MPB, embora haja ainda muitas coisas que o conectam à MPB tradicional, que é minha paixão. Acho que nos preocupamos em trabalhar essa dualidade, entre o moderno, mas sem perder as raízes”, adianta.

Estilos como tango, xote, valsa, rock e samba estão no disco e estarão representados no show que se compromete com as identidades culturais brasileiras numa estética que rearranja os ritmos tradicionais. Sobre a escolha do nome do álbum e espetáculo, “Coração Disparado”, Felipe de Oliveira diz que se inspirou em um poema recitado por Maria Bethânia  no show “Drama Terceiro Ato” e na obra de de Adélia Prado, que tem um livro com o mesmo nome. “A palavra disparado tem três significados: o disparo de arma, o disparo de acelerado, e também ousado. Esse disco tem uma sonoridade moderna e original. Ousada, diferente de tudo que eu já havia feito no palco”, explica.

Ficha técnica do disco

Intérprete: Felipe de Oliveira – Produção e Direção Musical: Barral Lima / Erick Krulikowski  – Produção Executiva: Barral Lima e Felipe de Oliveira – Arranjo: Barral Lima / Erick Krulikowski / André Milagres / Richard Neves / Julian Tarragô / Pedro Crivelari – Preparação Vocal: Babaya Morais – Produção de A&R: Rodrigo Brasil – Estúdio: Ultra Estúdio – Selo: Under Discos – Piano e Teclados: Richard Neves – Baixo Elétrico: Barral Lima – Guitarra: André Milagres – Teclados: Erick Krulikowski – Bateria: Pedro Crivelari – Acordeon: Julian Tarragô – Engenheiro de Som; Gravação, Edição, Mixagem e Masterização: Henrique Soares – Assistente de gravação: Samuel Souza.

Felipe Oliveira na Web

www.facebook.com/avozdofelipe

www.instagram.com/avozdofelipe

https://www.youtube.com/FelipedeOliveira

Videoclipe da música Samba da Redenção: https://bit.ly/2kzpNQ8

Link para ouvir o disco: https://bit.ly/2LIB6Sq

 

Data/Horário: 28/06, quinta-feira, às 20h30

Local: Teatro Bradesco – Rua da Bahia, 2244, Lourdes

Informações: (31) 3516-1360

Ingresso: R$10,00 (inteira)

Compra online: www.eventim.com.br