Projeto Solo Negro apresenta: Mata Rasteira 14/09

O projeto Solo Negro traz em 2019, em sua quarta edição, a peça “Mata Rasteira”, com o ator Rodrigo Negão (Grupo Caras Pintadas). O Espetáculo é inspirado no romance homônimo do autor paulista Abner Laurindo, com direção e dramaturgia de Gabriel Coupe.

A temática central são as rebeliões nos quilombos, nas senzalas e a luta dos negros desde o período colonial até os dias de hoje, encenada com os fundamentos e a musicalidade da capoeira, e com a contação de histórias dos Griots africanos.

Tudo começa com a odisseia de Nlongi, um menino nascido em Angola, na África, que é sequestrado e escravizado por corsários portugueses e trazido para o Brasil, onde participa de importantes movimentos de resistência cultural e guerreira do povo negro em sua ânsia pela liberdade. O espetáculo acontecerá dia 14 de setembro, sábado, às 21 horas, no Espaço Cultural Tambor Mineiro (Rua Ituiutaba, 339 – Prado/BH), com ingressos a R$ 20 (inteira).

Projeto Solo Negro

Solo Negro consiste na realização de espetáculos de artes cênicas que dialoguem com a cultura afro-brasileira contemporânea ou tradicional e que tenham um formato solo, ou reduzido, formado por artistas negros. O projeto tem o patrocínio do Instituto Unimed-BH, viabilizado pelo incentivo de mais de 5 mil médicos cooperados e colaboradores.

Próximos eventos:

19 de outubro – Chão de Pequenos, com Companhia Negra de Teatro

16 de novembro – Sarau Atemporal ou A Mulher e as Águas do Tempo, com Maíra Baldaia

Data: 14 de setembro (sábado) / Horário: 21h

Local: Espaço Cultural Tambor Mineiro – Rua Ituiutaba, 339 | Prado

Ingressos: R$ 20 (inteira) / R$10 (meia-entrada)

Mais informações: 3295-4149

Classificação: Livre

Adicionar Comentários

Clique para comentar