Projeto Solo Negro apresenta: Chão de Pequenos 19/10

Um queria ser piloto de corrida. O outro gostava de ouvir a quietude. Vieram da terra onde, afirmam alguns, as crianças já nascem mortas ou envelhecem ainda meninos: a rua. Essa é a segunda peça que o projeto Solo Negro traz em 2019, em sua quarta edição: “Chão de Pequenos”, da Companhia Negra de Teatro.

Encenada pelos atores Felipe Soares e Ramon Brant, conta uma história que aborda temas como adoção, abandono, orfanatos, e crianças vivendo nas ruas das cidades. A fábula dos garotos revela a importância da empatia, do diálogo e do afeto nos dias de hoje, numa sociedade marcada pela intolerância e pelo preconceito. O espetáculo acontecerá dia 19 de outubro, sábado, às 21 horas, no Espaço Cultural Tambor Mineiro (Rua Ituiutaba, 339 – Prado/BH), com ingressos a R$ 20 (inteira).

Projeto Solo Negro

Solo Negro consiste na realização de espetáculos de artes cênicas que dialoguem com a cultura afro-brasileira contemporânea ou tradicional e que tenham um formato solo, ou reduzido, formado por artistas negros. O projeto tem o patrocínio do Instituto Unimed-BH, viabilizado pelo incentivo de mais de 5 mil médicos cooperados e colaboradores.

Data: 19 de outubro (sábado) / Horário: 21h

Local: Espaço Cultural Tambor Mineiro – Rua Ituiutaba, 339 | Prado

Ingressos: R$ 20 (inteira) / R$10 (meia-entrada)

Mais informações: 3295-4149

Classificação: 12 anos