Projeto Itinerante do Museu dos Brinquedos 08/05 a 08/06

Projeto Itinerante do Museu dos Brinquedos leva exposição, oficinas e atrações culturais para o Centro Cultural Salgado Filho

De 08 de maio a 08 de junho, espaço localizado na região Oeste da capital mineira recebe programação gratuita 

Com o objetivo de ampliar o acesso do público à cultura e educação, o Projeto Itinerante do Museu dos Brinquedos ocupa diferentes cantos da cidade. De 08 de maio a 08 de junho, será a vez do Centro Cultural Salgado Filho (Rua Nova Ponte, 22 – Salgado Filho) que recebe uma programação gratuita e diversificada com exposição, brincadeiras, brincadeiras, oficinas de construção de brinquedos, oficinas formativas para educadores e atrações culturais. A iniciativa faz parte do Projeto Museu dos Brinquedos Itinerante que tem apoio cultural da Prefeitura de Belo Horizonte, Fundação Municipal de Cultura e Movimento BH pela Infância e patrocínio da GASMIG, através da Lei Federal de Incentivo à Cultura.

Uma das atrações da itinerância é a Exposição “Tempo Será – histórias e memórias do brincar”. A mostra apresenta 150 brinquedos de diferentes épocas e culturas que contam a história da sociedade, valorizando a importância do brincar e ressignificando o consumo de brinquedos.

A partir de 08 de maio, exposição poderá ser vista de segunda a sexta, de 9 às 17 horas, e, aos sábados, de 8 às 12 horas. As visitas serão conduzidas por educadores do Museu dos Brinquedos. As visitas em grupo devem ser agendadas no telefone 3277-9625.

E não para por aí: O Centro Cultural Salgado Filho receberá ainda Oficinas de Construção de Brinquedos Tradicionais e o Espaço de Brincadeiras. As oficinas serão realizadas utilizando materiais reciclados e de baixo custo, dando aos adultos e crianças participantes a oportunidade de exercitar a imaginação e a criatividade, desenvolver habilidades manuais e se expressar artisticamente.

No Espaço de Brincadeiras, a ordem é se descobrir todo o potencial dos jogos e brinquedos de antigamente. O espaço será dedicado para se divertir com brincadeiras como perna de pau, perna de lata, pula corda, elástico, amarelinha, peteca, jogos de tabuleiro (dama, xadrez, ludo, gamão), Cinco Marias, Jogo da Velha, Cama de Gato, Futebol de prego, bilboquê e ainda jogos e brincadeiras coletivas e colaborativas.

Programação Especial aos Sábados

Para valorizar a cultura lúdica da infância, o brincar e o contato com a música e a literatura, o Projeto Museu Itinerante do Museu dos Brinquedos irá promover no Centro Cultural Salgado Filho apresentações culturais aos sábados, de 11 às 12 horas. As atrações têm entrada gratuita, sem a necessidade de retirada de ingresso. (Eventos sujeitos a lotação)

No dia 11 de maio, o grupo Cantarolê apresenta o espetáculo “Cantarolar”. A apresentação mistura músicas, histórias e brincadeiras. José Alves, músico, e Isabel Cristina, narradora, cantam músicas autorais e contam histórias atuais e de domínio popular, incluindo brincadeiras cantadas, para junto com o público passarem momentos de leveza e alegria.

No dia 18, a contadora de histórias Beatriz Myrrha e o músico Marcos Albricker fazem um show especial que vai encantar adultos e crianças. “Rimos e Rimas” é um espetáculo de contos, canções, poemas e brincadeiras para fazer cantar o coração de meninos e meninas. Beatriz Myrrha e Marcos Albricker falam por meio de palavras e sons sobre o universo da música nas histórias da tradição oral, nos contos autorais e nas próprias canções, carregadas de humor, alegria e enredos.

No dia 25 de maio, celebrando a Semana Mundial do Brincar 2019, a garotada e toda a família vão se divertir com a contação de histórias e as atividades lúdico-pedagógicas, com o tema “O brincar que abraça a diferença”. As atividades serão ministradas pela psicóloga Marta Alencar e pelo jornalista Ricardo Albino, na oficina do Projeto Tina Descolada sobre diversidade e inclusão.

Para encerrar a programação de atrações culturais do Projeto Itinerante do Museu dos Brinquedos, no dia 01 de junho, o Centro Cultural Salgado Filho recebe a apresentação “Desenhos Mágicos”, com o desenhista, ilustrador, músico e arte-educador Marcinho de Castro. O show convida o público a ser o protagonista de sua história, através de truques de mágicas, com muita música e interatividade. Durante o espetáculo, Marcinho de Castro conversa com o boneco ventríloquo “Tororó”, com sua caneta mágica transforma os rabiscos feitos pelas crianças em lindos desenhos. E com uma tesoura mágica transforma uma folha de papel em qualquer animal que a criança pedir!

Curso de Formação – “Tempo da Infância – Encontros para pensar a criança”

O Centro Cultural Salgado Filho recebe ainda cursos e atividades formativas voltados para educadores, pais, familiares e a comunidade em geral, visando não só a diversão, mas também contribuir com formação cidadã. Os interessados poderão se inscrever gratuitamente pelo link http://bit.ly/oficinasmuseuitinerante .

No dia 22 de maio (quarta-feira), de 14h30 às 17h30, será realizada a “Oficina Vivências lúdicas: o despertar do ser brincante”. A oficina tem como objetivo a reflexão sobre o universo lúdico infantil por meio de jogos, brincadeiras, música, ritmo do movimento corporal e da construção de brinquedos. O conteúdo da oficina permite a educadores e demais interessados a busca de novas formas educativas para incentivar o desenvolvimento da infância de forma plena.

atividade será ministrada por Rodrigo Libanio Christo, grande defensor da infância, educador e brincante há mais de quarenta anos. Idealizador do projeto Voluntários Brincantes, possui um canal no YouTube que reúne brincadeiras, canções tradicionais da cultura popular e seus jogos educativos confeccionados com material reaproveitado.

No dia 23 de maio (quinta-feira), de 14h30 às 17h30, será realizada a “Oficina Tempo da infância: o brincar como linguagem principal da criança”. A proposta da oficina é promover um diálogo sobre o tempo e o espaço do brincar na vida das crianças e os benefícios das atividades em grupo, na natureza e nos espaços públicos, destacando o papel da família e dos educadores na garantia de uma infância plena a partir da brincadeira.

atividade será ministrada por Fernanda Clímaco, mestre em Educação, Gestão Social e Desenvolvimento Local pela UNA. Pedagoga, graduada na PUC/MG e especialista em Construtivismo e Educação na FLACSO/Argentina, em parceria com a UAM – Universidade de Madrid. Pós-graduada em Infância, Cultura e Práticas Formativas, na universidade FUMEC. Diretora da EPI – Escola de Professores da Infância.

No dia 28 de maio (terça-feira), de 14h30 às 17h30, o Centro Cultural Salgado Filho receberá a Oficina “Todas as infâncias: o pensar e o agir pela diversidade e por uma sociedade inclusiva”ministrada pela escritora e ativista da inclusão Mariana Rosa. A oficina aborda a vulnerabilidade e a deficiência como características inerentes à natureza humana e convida ao reconhecimento e à valorização da diversidade para uma educação na perspectiva inclusiva. Incentiva um olhar sensível para a transformação da cidade em um espaço acessível para todas as infâncias.

Mariana Rosa é jornalista e escritora, graduada em Comunicação Social pela UFMG e pós-graduada em Responsabilidade Social pela PUC-Minas. É embaixadora mineira da ONG Prematuridade e facilitadora de grupos de acolhimento de famílias de pessoas com deficiência. Ativista da inclusão e autora do blog e do livro Diário da Mãe da Alice.

E no dia 29 de maio (quarta-feira), de 14h30 às 17h30, acontece a última atividade formativa, a Oficina “A criança e a cidade – A invisibilidade e os desafios da infância no espaço urbano”ministrada pela jornalista e ativista da infância Desirée Ruas. A oficina incentiva a reflexão sobre a forma como o espaço público dialoga com a infância e como deve ser uma cidade que entende as necessidades das crianças. Discute também as formas de mobilização para que a cidade seja interessante, acessível e segura para todas as crianças.

Desirée Ruas é graduada em Comunicação Social pela UFMG, especialista em Educação Ambiental e Sustentabilidade e multiplicadora em Educação para o Consumo. Jornalista e integrante do grupo de mobilização da Rede Brasileira Infância e Consumo – Rebrinc e do núcleo Aliança pela Infância em Belo Horizonte. É co-idealizadora do movimento BH pela Infância e ativista pelos direitos das crianças.

Projeto Itinerante do Museu dos Brinquedos – Centro Cultural Salgado Filho – 08 de maio a 08 de junho

Exposição “Tempo Será – histórias e memórias do brincar” – Segunda a sexta, de 9 às 17 horas. Sábados, de 8 às 12 horas.

As visitas em grupo devem ser agendadas no telefone 3277-9625.

Atrações culturais – sábados – sempre às 11 horas

11/05 – Espetáculo Cantarolar, com Grupo Cantarolê.

18/05 – Espetáculo Rimos e Rima, com Beatriz Myrrha e Marcos Albricker.

25/05 – Projeto Tina Descolada, com Marta Alencar e Ricardo Albino.

01/06 – Desenhos Mágicos, com Marcinho de Castro.

Oficinas Formativas – “Tempo da Infância – Encontros para pensar a criança”, de 14h30 às 17h30

22/05 – Oficina 1 – Vivência lúdica para educadores com o brincante Rodrigo Libanio Christo

23/05 – Oficina 2 – O brincar como linguagem principal da criança, com a pedagoga Fernanda Clímaco.

28/05 – Oficina 3 – Todas as infâncias – O pensar e o agir pela diversidade e por uma sociedade inclusiva, com a escritora e ativista da inclusão Mariana Rosa.

29/05 – Oficina 4 – A criança e a cidade – A invisibilidade e os desafios da infância no espaço urbano, com a jornalista e ativista da infância Desirée Ruas

Inscrições pelo link: http://bit.ly/oficinasmuseuitinerante 

Centro Cultural Salgado Filho – Rua Nova Ponte, 22 – Salgado Filho. Telefone: 3277-9625.

Sobre Museu dos Brinquedos

O Museu dos Brinquedos foi aberto em 2006, com a missão de preservar e difundir o patrimônio cultural lúdico da infância no Brasil. De uma coleção particular de brinquedos da querida Vovó Luiza, surgiu a valorização do ato de brincar. De lá pra cá ele vem se transformando e transformando pessoas. Já recebeu cerca de 95 mil visitantes espontâneos, 170 mil visitantes de escolas, universidades e grupos de terceira idade e promoveu mais de 300 apresentações culturais e mais de 60 ações e projetos itinerantes e de formação. O Museu conta com patrocínio da Gasmig e do Instituto Unimed-BH como mantenedor, por meio do incentivo de mais de 5 mil médicos cooperados e colaboradores, e apoio das empresas Marcelo Guimarães Advogados e Associados e Decta Contabilidade.

Acompanhe nossas redes sociais no facebook e instagram: @museudosbrinquedos

Adicionar Comentários

Clique para comentar