Mulheres que cantam história: oficina no Espaço do Conhecimento 08/09

O Clube da Esquina é lembrado por figuras icônicas, mas em sua maioria masculinas. Pouca gente se lembra que os jovens mineiros foram fortemente influenciados por artistas mulheres, que marcaram o cenário musical das décadas de 1960 e 1970. Mercedes Sosa, Violeta Parra, Elis Regina, Maria Bethânia, Gal Gosta, Rita Lee e Elza Soares são apenas algumas das vozes femininas da época. Na oficina Elas: Mulheres que Cantam História, o Espaço do Conhecimento UFMG faz um passeio pela trajetória delas na música.

A atividade acontece na sexta-feira, 8 de setembro, às 15h. Na exposição Canção Amiga – Clube da Esquina e sua extensão pela escada, Da Janela Lateral, os visitantes serão apresentados aos desafios das mulheres em um período marcado pela censura política e moral, que impedia a manifestação livre do corpo. O objetivo é dar visibilidade às cantoras que influenciaram a história da música brasileira.

A oficina tem classificação livre e duração média de uma hora. A participação é gratuita, mas é necessário retirar senha na recepção.

Espaço do Conhecimento UFMG estimula a construção de um olhar crítico acerca da produção de saberes. Sua programação diversificada inclui exposições, cursos, oficinas e debates. Integrante do Circuito Liberdade, o museu é fruto da parceria entre a UFMG e o Governo de Minas. O Espaço está subordinado à Diretoria de Ação Cultural (DAC) da universidade, é amparado pela Lei Federal de Incentivo à Cultura e conta com patrocínio da Unimed-BH e do Instituto Unimed-BH.

 

Quando: Sexta-feira, 8 de setembro, às 15h

Participação: gratuita mediante retirada de senha na recepção

Classificação: livre

Onde: Espaço do Conhecimento UFMG – Praça da Liberdade, 700, Funcionários, BH.

Adicionar Comentários

Clique para comentar