Manual dx Guerrilheirx Urbanx espetáculo de formatura do Cefart 01/12 a 17/12

Figuras históricas e símbolos de diferentes gerações, que jamais dialogariam na linha do tempo tradicional, se encontram em Manual dx Guerrilheirx Urbanx, espetáculo de formatura dos alunos do 3º ano do Curso Técnico em Arte Dramática, do Centro de Formação Artística e Tecnológica da Fundação Clóvis Salgado – Cefart.

Com direção de Marina Viana, e codireção de Henrique Limadre e Cléo Magalhães, a montagem é inspirada no Manual do Guerrilheiro Urbano, do político, guerrilheiro e escritor brasileiro Carlos Marighella, e propõe o encontro de Frida Kahlo, Maria Bonita, Lampião, Dandara, Hitler, Joana d’Arc e tantos outros nomes históricos que se conectam em um espaço atemporal, confrontam diversos discursos, criando, assim, uma revolução suspensa, com um tempo que começa de novo.

No palco, 13 atores, ora interpretam, ora performam histórias de confrontos, desconstruções, críticas e diálogos. Tendo o clássico texto de Marighella como pano de fundo, a narrativa é atualizada para os dias atuais. A Guerrilha Urbana, de Marighella, se transforma em metáfora para a diversidade contemporânea, que precisa encontrar novas armas para lutar contra a opressão, o racismo, a homofobia, a transfobia e o machismo.

“Estamos buscando a poesia contida nos documentos mimeografados do manual do Marighella. As questões apontadas por ele no texto, ensinando com detalhes o emprego de táticas de guerrilha urbana, como viver na clandestinidade, a troca de informações, preparação técnica, manuseio de armas e explosivos, dialogam com o nosso atual momento, em que as urgências seguem sendo as mesmas de 50 anos atrás, mesmo que nosso olhar para elas seja distinto. impossível não questionar quais serão nossas armas, nossas estratégias e nossos aparelhos. Serão os mesmos? O manual-documento foi diluído em novos desejos, novos corpos, novos tempos, novas tentativas, novas ruinas. Até o dia de hoje, nossa arma segue sendo o teatro”, pontua Marina Viana.

Encontros inimagináveis acontecem a todo momento no Teatro João Ceschiatti. Maria Bonita, por exemplo, ao se deparar com Che Guevara, o confronta por seu posicionamento machista e homofóbico. Já Jesus Cristo, outra figura histórica presente na montagem, se divide entre a divindade religiosa e a figura de uma estrela do rock. O próprio palco é mutável, começando com encenações na Av. Afonso Pena e passando para o Ceschiatti.

De acordo com Marina Viana, há cenas criadas com a proposta de problematizar essas figuras históricas, em outras há uma tentativa de confrontar duas gerações: a geração que lutou com armas contra a ditadura militar e a geração dos formandos, jovens artistas diante de mais um golpe, seguido de uma série de retrocessos. “revisitar este documento em 2017, onde a história se repete em um cenário diferente e com atores diferentes, significa homenageá-lo (o documento e seu autor), bem como subvertê-lo. o manual se dilui no espetáculo em performances que alcançam a voz dxs artistas em cena. xs artistas, que são jovens e não viveram a ditadura, olham para o passado e tentam se reconhecer ali, dilacerando e deglutindo este manual, criando um primeiro esboço de seu próprio manual dx guerrilheirx urbanx” – acrescenta.

Para os alunos que encerram o curso de teatro do Cefart com essa montagem, o espetáculo é um desafio. No primeiro semestre, a turma participou da montagem Menos de Nós, com direção de Adélia Machado, e que tinha a linha dramática como recurso para atualizar o mito de Medeia. No Manual dx Guerrilheirx Urbanx, a turma se envolve com um teatro mais performativo.

O estudante Lucas Matias conta que trabalhar com esse estilo era um desejo dos próprios alunos, daí o convite para Marina Viana, que é reconhecida por trabalhar com recursos performáticos em suas criações teatrais, para dirigir a montagem de formatura. Lucas explica que o processo de preparação, que começou há cinco meses, contribuiu para a desconstrução do processo anterior. “Viemos de uma peça que nos exigiu carga dramática. Essa nova montagem, já nos coloca em outro lugar, um lugar que, inicialmente, provoca estranhamento para, em seguida, nos preparar para a performance e a interpretação”, pontua.

 

MANUAL DX GUERRILHEIRX URBANX

Montagem de Formatura

Curso Técnico em Arte Dramática do Cefart

Período: 1º a 17 de dezembro de 2017

Horário: de quinta-feira a sábado, às 20h; domingo, às 19h

Local: Teatro João Ceschiatti – Palácio das Artes

Endereço: Av. Afonso Pena, 1537 – Centro

Entrada gratuita

Informações para o público: (31) 3236-7400

 

Patrocinado