Sesc em Minas no Festival Cultura e Gastronomia PRÓ-Tiradentes 01/10 a 04/10

Programação cultural do 23° Festival Cultura e Gastronomia Pró-Tiradentes

Serão exibidas, em parceria cultural com o Sesc em Minas, lives de artes cênicas e shows de artistas nacionais e locais

De 1º a 4 de outubro, acontece o 23° Festival Cultura e Gastronomia Pró-Tiradentes. Ao longo da programação, serão exibidas, em parceria cultural com o Sesc em Minas, lives de artes cênicas e shows de artistas como Juarez Moreira, Wagner Tiso, Armatrux, Chico Amaral Quarteto, entre outros. Durante as apresentações, o público poderá fazer doações ao Mesa Brasil Sesc, programa de combate à fome e ao desperdício de alimentos que atende milhares de instituições e famílias em MG.

Este ano, por causa da pandemia do novo coronavírus, o festival será online, exibido na Plataforma do Festival Fartura (farturabrasil.com.br).

Confira a participação do Sesc em Minas na programação do Festival Cultura e Gastronomia PRÓ-Tiradentes.

Música e artes cênicas:

DIA 03/10 (sábado)

10h: Grupo Girino (artes cênicas)

14h: Circo Lar (artes cênicas)

16h30: Rockin’strings (música)

18h: Renato Savassi Quarteto (música)

21h: Wagner Tiso (música)

DIA 04/10 (domingo)

10h: Armatrux (artes cênicas)

11h: Duo Mitre (música)

14h: Cia Fusion (artes cênicas)

16h30: The Big Odd (música)

18h: Chico Amaral Quarteto (música)

20h: Juarez Moreira (música)

21h: Vitor Araújo (música)

Além das atrações culturais, o Sesc em Minas também irá oferecer dicas para o aproveitamento integral dos alimentos em receitas, ministradas pela nutricionista do Mesa Brasil Sesc, Luciana Vacari; capacitação para a área de turismo; e muita interatividade com as equipes do BiblioSesc e do Espaço de Lazer Sesc. As atividades estarão disponíveis na plataforma do Fartura, de 1º a 4 de outubro.

A curadoria da programação cultural do Festival Cultura e Gastronomia PRÓ-Tiradentes foi feita em conjunto pela organização do projeto e o Sesc em Minas, que vem apoiando diversas iniciativas que visam amenizar os impactos sociais, culturais e econômicos causados pela pandemia do novo coronavírus, desde março. “Tiradentes é uma cidade importantíssima para a cultura de MG. Isso faz com que o Sesc em Minas esteja sempre presente na cidade em eventos como a Mostra de Cinema, entre outros”, ressalta  Janaína Cunha, Gerente de Cultura do Sesc em Minas.

Para ela, o atual contexto está obrigando o setor cultural a se reinventar, pois já se vão mais de seis meses desde o anúncio da pandemia feito pela OMS. “A pandemia vem afetando fortemente o setor cultural e sua cadeia produtiva desde março. Por isso, fomos obrigados a repensar o modelo e uma nova forma de produzir arte e cultura, cuidando para que essa nova forma envolva o público, além de assegurar o papel essencial da arte na sociedade e no desenvolvimento humano”, comenta. Janaína também destaca a importância da participação do Mesa Brasil Sesc no projeto. “Mesmo durante a pandemia, o Mesa Brasil Sesc não parou de trabalhar. É um trabalho que deve ser valorizado e, neste momento, todo apoio é importante. A hora é de união entre todos os setores da sociedade. Por isso estamos, mais uma vez, ao lado do Festival Cultura e Gastronomia PRÓ-Tiradentes nessa empreitada que levará não só a cultura para dentro das nossas casas, mas também comida para o prato de milhares de pessoas necessitadas”, conclui. 

SOBRE O FESTIVAL CULTURA E GASTRONOMIA PRÓ-TIRADENTES

A programação conta com cerca de 250 atrações gastronômicas e culturais, em mais de 100 horas de conteúdo que estarão disponíveis no site (farturabrasil.com.br), que vai direcionar o público também para outras plataformas (Instagram, Youtube etc.).

Enquanto não pode reunir 50 mil pessoas, como aconteceu em 2019, o 23° Festival Cultura e Gastronomia PRÓ-Tiradentes terá diversos conteúdos online e vai até o público em um formato inédito. Chefs renomados como Alberto Landgraf, Bela Gil, Rafael Costa e Silva, Rodrigo Oliveira e muitos outros nomes importantes da gastronomia criaram receitas com chefs locais, entre eles Rodolfo Meyer, Rafael Pires, Ricardo Martins e Juliana Ferreira selecionados pelas curadoras Morena Leite e Carolina Daher. Quem estiver em Tiradentes e região poderá pedir os pratos em casa. Além disso, o Festival contratou cozinhas e equipes em BH, SP e RJ, onde o público poderá pedir, também para ser entregue em casa, os pratos desenvolvidos pelos chefs.

Por ser um município que tem como base econômica o turismo e gastronomia, Tiradentes encontra-se bastante afetada pelo cenário atual, fazendo-se necessário a realização de ações para fomentar a economia local e levar acalento para a população local.  O evento contará ainda com arrecadação de fundos através da venda de pratos com baixo custo, para realizar doações às instituições e projetos sociais desses municípios do entorno, de modo a contribuir com a recuperação econômica e social da região.

Onde: Plataforma do Fartura

www.farturabrasil.com.br