Festival Canção Criança – 11/10 a 13/10

BH sedia a primeira edição do Festival Canção Criança no CCBB-BH

Programação vai contar com oficinas, instalações e apresentações musicais, entre elas, a presença de Badi Assad que traz, pela primeira vez, o seu show infantil para a capital mineira

A chegada de uma criança ao mundo é celebrada em diferentes culturas com muita música, dança e festa! A primeira infância é um período especial da vida, no qual os sentidos são utilizados ativamente e o corpo se torna fundamental no processo de descobertas, construção de hipóteses, estabelecimento de laços afetivos e interações sociais.

Conscientes deste importante período da vida, as mineiras Beth Santos e Juliana Daher idealizaram o Festival Canção Criança, que realiza a sua primeira edição de 11 a 13 de outubro, durante as comemorações da semana da criança, no Centro Cultural Banco do Brasil (CCBB-BH).

O festival é viabilizado pelo Ministério da Cidadania via Lei de Incentivo à Cultura, com patrocínio do Banco do Brasil.

Esta ação inédita em BH propõe uma programação com oficinas, instalações e apresentações musicais, com atrações que promovem a interatividade e recursos sensoriais. Para esta estreia, o festival convidou a consagrada artista Badi Assad, que apresenta pela primeira vez na capital o seu trabalho infantil “Cantos de Casa”.

A cantora, compositora e violonista brasileira se destaca como criadora de um estilo peculiar, que traz a sua voz e violão como elementos fundamentais da sua música. Badi é conhecida por representar uma verdadeira orquestra em cena e, mesmo sozinha no palco, reproduz diversos sons que aguçam a curiosidade do público.

Entre as atrações musicais também estão os grupos Cia Pé de Moleque e Serelepe, que desenvolvem um importante trabalho artístico, de educação musical e pesquisa em Belo Horizonte. A Aldeia Jabuticaba montará uma instalação sensorial e sonora especialmente preparada para bebês, crianças pequenas e suas famílias. 

O grupo circense Cia Gêmea levará ao público o espetáculo “A alegria do circo”. Diretamente de Salvador, o Grupo Canela Fina apresentará pela primeira vez em BH o espetáculo “Imaginante” e conduzirá duas oficinas de vivências musicais para bebês e crianças bem pequenas.

Também inéditos em nossa cidade, os grupos paulistas Festa de Rei e Mundo Aflora, estão na programação com espetáculos marcados pela pesquisa e estética fortemente inspirados na cultura popular brasileira e de outros países do mundo.

CCBB-BH – Teatro I – Sala Multiuso e Pátio – Praça da Liberdade, 450, Funcionários

Programação

11 de outubro

10h às 18h – Instalação sensorial com Aldeia Jabuticaba – Pátio – Gratuito

10h às 11h – Cia Gêmea – espetáculo “A alegria do circo” – Sala Multiuso – Gratuito

15h às 16h – Mundo Aflora – show “Meia Volta e Meia” – Teatro I – Gratuito

19h às 20h – Badi Assad– show “Cantos de Casa” – Teatro I  – R$ 30 inteira e R$ 15,00 meia.

12 de outubro

10h às 18h – Instalação sensorial com Aldeia Jabuticaba – Pátio – Gratuito

11h às 12h – Intervenção brincante grupo Festa de Rei  no pátio do CCBB – Gratuito

14h às 15h – Apresentação/vivência “Bumba Meu Boi” com grupo Festa de Rei – Sala Multiuso – Gratuito.

17h às 18h – Cia Pé de Moleque show “Minhas Primeiras Canções” no Teatro I – – R$ 30 inteira e R$ 15,00 meia.

13 de outubro

10h às 18h – Instalação sensorial com Aldeia Jabuticaba – Pátio – Gratuito

10h às 11h – Grupo Canela Fina – oficinas de vivências musicais para bebês de 0 a 3 anos – Gratuito com distribuição de senhas.

11h às 12h – Grupo Canela Fina – oficinas de vivências musicais para bebês de 0 a 3 anos – Gratuito com distribuição de senhas.

14h às 15h – Grupo Serelepe – show “Brinquedorias” no Teatro I do CCBB – – R$ 30 inteira e R$ 15,00 meia.

17h às 18h – Grupo Canela Fina – show “Imaginante” no Teatro I do CCBB – – R$ 30 inteira e R$ 15,00 meia.

Mais informações: 31 3431-9400

Venda de ingressos: eventim.com.br ou na bilheteria do CCBB, de quarta a segunda, das 10h às 22h– R$30 (inteira) / R$15 (meia) 

Informações: (31) 3431-9400

Clientes Banco do Brasil pagam meia-entrada em todas as apresentações.

Classificação livre