Exposição Paisagens Interiores – Tributo a Orlando Castaño 07/03 a 07/04

Galeria Labyrinthus inaugura exposição inédita de Orlando Castaño

A Galeria Labyrinthus abre a “Exposição Paisagens Interiores – Tributo a Orlando Castaño”, no dia 7 de março, com visitação aberta ao público do dia 10 de março a 7 de abril, com entrada gratuita. A curadoria é de Orange Matos Feitosa. A mostra traz 42 obras, em pinturas a óleo, concebidas pelo artista entre os anos de 2018 e 2019. 

Orlando Castaño é um dos mais importantes artistas brasileiros, com reconhecimento  internacional. “O trabalho de Orlando Castaño nas artes plásticas não tem fronteiras. A profundidade de suas pinceladas revela como a plasticidade de suas obras não têm limites e reclama que, os jovens artistas se voltem para estudar seu processo criativo inovador. Nos anos 70, esteve presente na vanguarda artística mineira, ao lado de muitos nomes, como Lygia Clark e Mari’Stella Tristão. Participou da X Bienal em São Paulo, tem obras em museus da Alemanha, como o Baden-Württemberg”, lembra Orange Matos Feitosa. 

Para a curadora, realizar esse “tributo” ao artista segue seu pensamento de que as homenagens devem ser feitas a pessoas vivas. “Após mais de cinco décadas dedicados a criação artística, é imprescindível trazer à tona para memória histórica da arte mineira a atualidade das obras de Orlando Castaño. Essa exposição se realiza também porque todos devemos muito aos artistas, mesmo quando não nos damos conta disso, porque somente as artes têm a capacidade de nos despedaçar por inteiro e nos reconstruir novamente e, para além disso, as artes nos apresentam um mundo de contradições, experiências e alteridades, sacodem nossas certezas e reviram as nossas entranhas como nenhuma outra área do conhecimento”, salienta Orange Matos Feitosa.

Referente ao tema da exposição “Paisagens Interiores” a curadora explica que, não se trata de meras paisagens geográficas. “A obra de arte é única e irrepetível e pode ir até onde a imaginação alcançar. Essas paisagens da exposição não são lineares e são muito mais que paisagens”, revela.

Aos 75 anos, Orlando Castaño produz todos os dias e intensamente. Nascido em Mutum, Minas Gerais, mudou-se para Belo Horizonte em 1954, onde reside. É professor nos cursos de pintura livre na Escola Guignard/UEMG. Realizou mais de 200 exposições individuais e coletivas no Brasil e no exterior. Em 1956, iniciou as aulas de pintura com a professora Rita Lott. Em 1966, participou do XXIII Salão Paranaense de Belas Artes, em Curitiba. Em 1973, viajou para Espanha e, no ano seguinte, mudou-se para Alemanha, onde cursou Belas Artes até o mestrado.

Orange Matos Feitosa é doutora em História Social pela Universidade de São Paulo (USP), é pesquisadora de História da Arte. Fez cursos técnicos de curadoria e expografia e introdução à produção cultural no Cefart/BH. Ministrou oficina sobre o processo criativo de Pablo Picasso, no Centro Cultural da UFMG. Inaugurou a Galeria Labyrinthus, em julho de 2019, em Santa Tereza Santa. A Galeria nasceu de ideias escaldantes, com o objetivo de transitar entre o Moderno e o Pós-moderno e da valorização das tradições para contemporaneidade. E a partir da pluralidade de linguagens,  estimular a jovens artistas e trocar vivências com artistas experientes.

Local: Galeria Labyrinthus – Rua Hermílio Alves, 322, Bairro Santa Tereza/BH-MG

Abertura para convidados: 7 de março, sábado, de 12h às 18h.

Visitação aberta ao público do dia 10 de março a 7 de abril. 

Horário de visitação: terça a sexta-feira – 10h30 às 19h30 / sábado – 11h às 17h / domingo – fechado

Entrada Gratuita. 

Informações: 31 25370385

Redes sociais: Facebook: galerialabyrinthus / Instagram: @galeria_labyrinthus