Exposição de fotografias O Brasil que merece o Brasil 07/05 a 30/06

Um dos maiores fotógrafos do Brasil, Walter Firmo, abre, amanhã, dia 7 de maio, com bate-papo às 19 horas, grande exposição de fotografias no Memorial Minas Gerais Vale, entitulada: “O Brasil que merece o Brasil”. Serão 93 fotos realizadas entre a década de 1960 e 2017, fazendo um impressionante panorama da cultura popular de diversas regiões, exaltando o papel do negro na criação e preservação de nosso patrimônio cultural. A mostra inclui retratos clássicos de grandes figuras brasileiras, como Pixinguinha, Cartola, Pelé, Clementina de Jesus e Arthur Bispo do Rosário, assim como registros de anônimos, que o fotógrafo nos faz parecerem familiares. A cor abusada e a maestria no manejo da luz, características que já lhe renderam diversas premiações, chamam atenção em cada conjunto de fotos. A mostra é gratuita e vai até o dia 30 de junho. O bate-papo acontecerá no auditório, com retirada de senhas uma hora antes do evento e entrada gratuita, sujeita a lotação. O Memorial Minas Gerais Vale fica na Praça da Liberdade, 640, esquina com Gonçalves Dias.

Reconhecido nacional e internacionalmente, o trabalho de Walter Firmo já esteve exposto em muitos países, mostrando um Brasil de tirar o fôlego. Sua obra pode ser desfrutada sob diversos aspectos: o fotojornalismo, o viés surrealista, a abstração, as paisagens, o retrato. Para esta exposição, a curadora Paula Porta escolheu um dos mais preciosos veios da produção do fotógrafo: a negritude. “O reconhecimento da impressionante força e importância do negro nas Américas ainda está muito aquém do merecido e quase sempre é implícito e pontual. Esta exposição faz uma dupla homenagem: ao povo negro do Brasil e a um dos maiores fotógrafos do país. A exposição mostra um Brasil pleno de atitude, cultura, espírito e generosidade. Um Brasil que sempre ofereceu muito mais do que recebeu e que merece ser exaltado por um grande artista como é Walter Firmo”, destaca a curadora.

A exposição coincide com o já tradicional cuidado que o Memorial Minas Gerais Vale vem tendo em valorizar a cultura de origem africana em nosso país. O museu abriga exposição permanente que ressalta a herança cultural trazida pelos negros ao Brasil e também realiza a exposição itinerante Africanidades, que visita cidades do interior de Minas Gerais para levar esse aprendizado.


Data da exposição: Abertura 7 de maio (terça-feira), e segue até 30 de junho;

Bate-papo: 7 de maio, às 19 horas, no auditório do Memorial Vale;

Horário da exposição: durante o funcionamento normal do Memorial: terças, quartas, sextas e sábados, das 10h às 17h30, com permanência até 18h. Quintas, das 10h às 21h30, com permanência até 22h. Domingos, das 10h às 15h30, com permanência até 16h;

Local: Memorial Vale, Praça da Liberdade, 640, esquina com Gonçalves Dias.

ENTRADA GRATUITA, sujeita a lotação do espaço, com distribuição de senhas para o bate-papo.


Adicionar Comentários

Clique para comentar