Home




Segunda, 16 de Janeiro
Fale Conosco Comprar Últimos Sorteados Incluir Evento Incluir Estabelecimento
  Baladas Eventos Cinema Onde ir Turismo   Fotos
De Esconder para Lembrar

Espetáculo desperta crianças para o mundo da dança contemporânea, construindo coreografia poética dos sonhos e medos da infância.

Com elogiada estréia em março deste ano, em Belo Horizonte, e após uma curta passagem por Curitiba e Rio de Janeiro, a Meia Ponta Cia. De Dança retorna aos palcos da capital mineira com o seu mais recente trabalho, De Esconder para Lembrar, espetáculo infantil baseado nos sonhos, limites, medos e alegrias vividas pelas crianças.
O espetáculo - Indo além das estruturas tradicionais das histórias infantis, a proposta desta montagem desperta a criança para o universo criativo da dança.
A companhia toma por opção trilhar um caminho que não recorre a uma história auto-explicativa e linear, que por vezes prevalece nos trabalhos para este público. Ao contrário, escolhe fazer emergir as "memórias de criança", através das referências pessoais que os bailarinos-criadores trazem consigo.

Processo criativo - Ainda em sua fase inicial, o processo de criação incluiu oficinas com profissionais da dança, do circo, arte-educadores, psicólogos, além de visitas a orfanatos.
Foi durante este processo que Denise Stutz, uma das oficineiras, foi convidada para dirigir o espetáculo. Mineira, que há 2o anos vive no Rio de Janeiro, Stutz é uma das fundadoras do Grupo Corpo e hoje se dedica a uma ativa produção em dança contemporânea e no teatro.
Segundo ela, "De Esconder para Lembrar trata de coisas escondidas no tempo, refletindo um cotidiano lúdico, marcado por um jogo de cena e cantigas que estão guardados na memória de todos nós".
Ela destaca também a participação dos bailarinos-intérpretes, tanto no processo de criação, como nas improvisações recorrentes na estrutura coreográfica desse trabalho.

Figurino e Cenografia - O artista plástico, autor e ilustrador de livros infantis Marcelo Xavier valeu-se da "fantástica e original apropriação que os filhos, na hora das brincadeiras, fazem do guarda-roupa dos pais".
Segundo ele, o mote de seu trabalho foi a valorização da "alma criativa da criança". Também estão presentes as nuances da "ingênua loucura" que, na sua opinião, atribui poder mágico às crianças permitindo-as ser, num piscar de olhos, "super-herói, passarinho ou adulto".

Bailarinos - Inês Amaral, Tuca Pinheiro, Priscila Fiorini e Liana Sáfadi dão vida a um painel de brincadeiras memoráveis que empolgam e emocionam, ao mesmo tempo que levam pais e filhos a refletir sobre a infância.
Afinal, quem nunca brincou de adedanha, trava-língua e esconde-esconde. Porém, como nem só de gracejos e alegrias vive a alma infantil, não poderiam faltar as angústias que se anunciam desde cedo, como os medos do escuro e de assombrações. O resultado é um painel de imagens sensíveis e comoventes, capaz de arrebatar o público de qualquer idade.

Classificação Livre
Informações: (31) 3227-7331
www.mercadomoderno.com.br / mercadomoderno@mercadomoderno.com.br

Data: 15/11/2008 à 23/11/2008
Horário: Dias 15 e 16/11 e 22 e 23/11, sempre às 17h.
Local: Espaço Cultural Ambiente
Info venda: (31) 3227-7331.
Preço: R$12,00 (inteira) e R$ 6,00 (meia).

 
Espetáculos
Eventos
Salas de Teatro



| ANUNCIE AQUI | ENTRE EM CONTATO | ÚLTIMOS SORTEADOS | PARCERIAS |
Copyright 2008 - Agenda BH - Todos os direitos reservados.