Educação na Praça 14/09 e 28/09

Engana-se quem pensa que, por conta do frio intenso, não há nada no extremo sul do planeta. A Antártica abriga uma enorme biodiversidade e tem uma importância estratégica para o nosso país. Por isso, o estudo do continente contribui muito para a ciência e pode trazer novos contornos ao aprendizado das crianças.

Inteirar os professores de ciências sobre o fazer dos pesquisadores no continente gelado é a proposta do curso Mediantar nas Escolas: uma abordagem transversal do conhecimento baseado na pesquisa Antártica, do projeto Educação na Praça no Espaço do Conhecimento UFMG. Composto por dois encontros, o primeiro módulo acontece nos dias 14 e 28 de setembro, das 10h às 13h. Nessas ocasiões, os educadores conhecerão a importância do continente do ponto de vista biológico, social e político.

Os professores participarão de discussões teóricas e de atividades práticas, em que vão experimentar os métodos de pesquisa e vivenciar situações de trabalho na Antártica. O objetivo é que essa vivência incentive o raciocínio crítico-científico nas salas de aula. O segundo módulo está previsto para o primeiro semestre de 2020.

As inscrições podem ser feita pelo link https://forms.gle/g1XSYjpEgmeXe44r8.

Educação na Praça – Mediantar nas Escolas: uma abordagem transversal do conhecimento baseado na pesquisa Antártica
Quando: 14 e 28 de setembro, das 10h às 13h
Participação: gratuita
Onde: Espaço do Conhecimento UFMG – Praça da Liberdade, 700, Funcionários, BH
Inscrições:https://forms.gle/g1XSYjpEgmeXe44r8
Parceria: APECS-Brasil  (Associação dos Pesquisadores Polares em Início de Carreira)