Eduardo Maya inaugura Pitza 1780 no Belvedere

Com conceito que prima pela qualidade e autoatendimento, a marca visa expansão rápida nos próximos anos

Depois do sucesso da sua primeira loja na Savassi, a Pitza 1780 inaugurou, neste mês de novembro, a sua segunda unidade em Belo Horizonte. Apostando na tendência mundial do autoatendimento e buscando sempre oferecer produtos de alta qualidade com preços justo, a unidade do Belvedere é mais uma opção para os amantes de uma saborosa pizza.

A marca criada pelo chef Eduardo Maya, em menos de um ano já conquistou o paladar dos belo-horizontinos. A Pitza 1780 traz um conceito inovador e produtos preparados com ingredientes de alta qualidade, como é o caso dos tomates colhidos sempre maduros, possibilitando a produção de um molho mais saboroso para as pizzas. O queijo, as ervas e os vegetais foram escolhidos a dedo. Além disso, as massas tem um segredinho do chef e passam por um processo de maturação de no mínimo 24 horas, proporcionando leveza, elasticidade e crocância na medida certa. E, para garantir a qualidade dos produtos, foi criado ainda um Centro Técnico de Pizza, onde são realizadas pesquisas, destes e cursos para pizzaiolos.

Na contramão da crise, Eduardo Maya já planeja, para o próximo ano (2018), a abertura de uma terceira unidade na região Centro-Sul de BH. “Nossa estrutura enxuta, sem garçons, segue uma tendência mundial do autoatendimento, o que reduz os nossos custos e torna nosso produto democrático, querido por todas as classes. Somos um produto da crise, uma alternativa para se comer bem, pagando pouco”, comenta Eduardo, que visa uma expansão rápida do negócio – seja por meio de franquias ou de um parceiro investidor.

O chef já estuda também a ampliação do delivery. “São planos audaciosos, mas o nosso modelo de pizzaria permite que seja replicado em qualquer ambiente. Apostamos na pizza, por se um dos alimentos mais consumidos mundialmente”, afirma Eduardo. De acordo com ele, o investimento inicial em cada unidade gira em torno de R$ 250 e 300 mil, proporcionando um pay back de aproximadamente dois anos.

A pizzaria traz no cardápio sticks, nos sabores: calabresa e primavera (R$ 14,90) e pizzas em tamanho único, com 30cm de diâmetro, em cinco opções de sabores: calabresa, margherita, pesto de baru, lombinho com bacon, da horta e da temporada (R$ 18,90). Os ingredientes são cuidadosamente selecionados e preparados, de modo que seja possível sentir a presença de todos, mas sem permitir um sabor sobressair mais que os outros. A cada temporada, um novo sabor de pizza é adicionado ao cardápio. A casa oferece também vinho alentejano para acompanhar as pizzas, em taças de 250ml.

Projetada pela arquiteta Julia Maya, a Pitza 1780 traz um conceito arquitetônico inspirado nos galpões americanos, com paredes em estilo cimento queimado e tubulações aparentes, que complementam a decoração. Com capacidade para a produção diária de até 400 pizzas, a pizzaria se diferencia por ser a única na cidade a possuir forno rotante, que assa as pizzas por igual, dando ao produto mais qualidade e sabor.

As pizzas da Pitza 1780 são leves e feitas para serem comidas com as mãos, conforme o costume italiano. Os clientes realizam os pedidos através de um terminal de autoatendimento, recebem uma senha e, após o pagamento, o pedido é encaminhado diretamente à cozinha. São os próprios clientes que também pegavam as bebidas no freezer e retiram o pedido no balcão.

Sobre o nome – O nome Pitza 1780 faz menção ao ano de nascimento do primeiro pizzaiolo registrado do mundo, Pietro Calicchio, em Nápoles, na Itália.

Pitza Savassi: Rua Antônio de Albuquerque, 749 – Savassi – Belo Horizonte/MG

Pitza Belvedere:  Rua Juvenal de Melo Senra, 385 – Belvedere – Belo Horizonte/MG

Horário de funcionamento: Seg, de 12h às 20h; Ter e Qua, de 11h às 21h30; Qui a Sáb, de 11h às 23h30; Dom, de 16h às 22h30 (Belvedere) e de 17h às 23h30 (Savassi)

Telefones: (31) 3223-6611 – Savassi e (31) 3658-2825 – Belvedere

* estabelecimento petfriendly (animais de estimação são bem-vindos)

Patrocinado