Circuito Gastronômico da Pampulha 2019 até 11/10

Circuito Gastronômico da Pampulha comemora sua 10ª edição em 2019

Este ano, o público tem a oportunidade de experimentar deliciosos pratos inspirados na Serra da Mantiqueira

É para comemorar! O Circuito Gastronômico da Pampulha (CGP) completa 10 anos de vida e promete uma edição ainda mais suculenta e com muitas atrações para o público aproveitar ao máximo. Em 2019, o projeto será mais abrangente, com várias ações de fomento à gastronomia e cultura do estado. O tema escolhido para a edição comemorativa de 10 anos foi a Serra da Mantiqueira, que serviu de inspiração para os chefs dos 16 restaurantes participantes criarem seus pratos especiais e inéditos, disponíveis até o dia 11 de outubro.

Nesses 10 anos, o CGP mostrou na gastronomia toda a riqueza de Minas Gerais e colecionou grandes números. Foram mais de 160 mil participantes, 800 publicações na imprensa, mais de 90 mil pratos consumidos e mais de cinco milhões de reais movimentados. Felipe Risola, gestor do evento, fala dessa conquista: “Fazemos um trabalho com muita dedicação, para que toda a riqueza da gastronomia mineira, por meio do conhecimento e dos pratos elaborados pelos chefs do Circuito, possa chegar ao público e agregar ao calendário cultural de Belo Horizonte”.

Como é de costume e expectativa de todos, os pratos são inéditos e criados especialmente para o Circuito, inspirados na Serra da Mantiqueira. Para isso, entre os dias 23 e 26 de junho, foi realizada uma expedição gastronômica por diversas cidades da região, para que os chefs pudessem conhecer e garimpar ingredientes para suas criações especiais. Marcelo Haddad, proprietário do Paladino e gestor do Circuito, coloca a importância desse posicionamento do Circuito: “Nós estamos buscando, cada vez mais, desenvolver os pratos pensando na experiência do cliente, mais sustentáveis e conceituais. É pensar a receita, usar ingredientes regionais, e o tema da Mantiqueira abriu um leque enorme de sabores para o Circuito nesse ano”.

São 16 restaurantes participantes com receitas exclusivas: Amadís, Anella Ristorante, Casa do Chef, Dal Grano, Degraus Espaço Gastroculinário, Do Peixe, La Palma, Maria das Tranças, Mineiros Beer, Mister Art Empório Cervejeiro, Paladino, Soul Jazz Burguer, SushiNoto, Tudo na Brasa, Único Pampulha e Xapuri.

Na edição comemorativa, o Circuito traz novidades para o público com um formato diferente. Os pratos serão servidos individualmente com preços mais acessíveis, não tendo necessidade de cupons ou de se ter um acompanhante. Outra ótima novidade é a distribuição de um brinde exclusivo criado pela Greco Design. A cada três restaurantes visitados, a pessoa carimba o seu guia disponível nas casas e ganha o jogo com três porta-copos.“O Circuito Gastrônomico acontece em uma região privilegiada, que recebeu em 2016 o título de Patrimônio Mundial da Humanidade pela UNESCO. Ao convidarmos o Gustavo Greco, damos início à coleção Objetos da Pampulha, que contará com peças com criações inspiradas nesse fabuloso conjunto arquitetônico, que tão bem representa a capital mineira”, afirma Flávia Botelho, gestora do Circuito.

E tem mais! Em várias casas, há a harmonização do prato com as cervejas especiais da Eisenbahn, cortesia na primeira unidade para o cliente ao pedir o prato do CGP. Heitor Silva, embaixador da marca, aceitou o desafio de traduzir os sabores da Mantiqueira, identificando qual dos 12 rótulos melhor acompanha cada receita do Circuito.

“A ideia é buscar abrilhantar os ingredientes e preparos dos chefs em cada prato participante do Circuito com os diferentes estilos de nossas cervejas. Eu, como embaixador Eisenbahn, fico muito feliz em poder assinar essas harmonizações e realizar ações durante o evento”, comenta Heitor. Basta consultar no site www.circuitogastropampulha.com.br quais restaurantes do CGP estão participando da promoção. E a votação para o melhor prato se mantém e pode ser feita no mesmo site.

Participe do Circuito Gastronômico da Pampulha e aproveite para conhecer o entorno privilegiado. A igreja de São Francisco de Assis, conhecida como Igrejinha da Pampulha, o Cassino que funciona como Museu de Arte da Pampulha, a Casa do Baile, que atualmente é o Centro de Referência em Urbanismo, Arquitetura e Design de Belo Horizonte e o Iate Tênis Clube são marcos da cidade, construídos na gestão de Juscelino Kubitschek na prefeitura de BH entre 1942 e 1943.

Informações completas: https://www.circuitogastropampulha.com.br/