Centro Cultural UFMG exibe clássicos do cinema 07/05 a 30/05

O CineCentro exibirá, entre os dias 07 e 30 de maio de 2019, às 19 horas, uma seleção de filmes de diversos gêneros da história do cinema com entrada franca. Na programação do CineClássico serão apresentadas películas consagradas pelo público e crítica.

Para o mês de maio foram selecionados oito filmes, sem preocupação cronológica, tendo como objetivo diversificar a programação e atrair o público do entorno. Serão exibidos os seguintes gêneros cinematográficos: musical, drama, comédia, crime, suspense/guerra, biografia/histórico, aventura e faroeste. 

07.05 – Musical – A viúva alegre – (EUA, Livre, 1934, 98’). 
O pequeno reino de Marshovia está com um problema, a milionária Sonia (Jeanette MacDonald), que faz do pagamento de seus impostos a principal fonte de renda do lugar, vai morar em Paris. O Conde Danilo (Maurice Chevalier) tem a missão de impedir o casamento dela com um estrangeiro, evitando assim sua mudança definitiva, mas não será tão fácil como imaginava. 

09.05 – Drama – Soberba – (EUA, 12 anos, 1942, 88’). 
Baseado no mundo da alta burguesia do final do século 19, a trama conta a história de um herdeiro jovem e mimado da fortuna decadente de Amberson (Tim Holt), que aparece entre sua mãe viúva (Dolores Costelo) e o homem que ela sempre amou (Joseph Cotten). O filme é dirigido por Orson Welles, um dos cineastas mais importantes do cinema. 

14.05 – Comédia – Meu amigo Harvey – (EUA, 12 anos, 1950, 100’). 
Elwood (James Stewart) vive na companhia de Harvey, um coelho gigante que só ele pode ver. Para sua irmã, essa obsessão tem sido um problema, então ela decide interná-lo num hospital e coisas hilariantes acontecem. Cabe a Elwood consertar a confusão com sua generosa filosofia e seu amigo imaginário. 

16.05 – Crime – Os incompreendidos – (França, 12 anos, 1959, 99’). 
O primeiro longa de François Truffaut narra a história do jovem parisiense Antoine Doinel (Jean-Pierre Léaud), um aluno disperso e rebelde que prefere ficar perambulando pelas ruas de Paris a ir para a escola, reflexo da relação conturbada que tem com sua mãe Gilberte Doinel (Claire Maurier) e com seu pai não-biológico Julien (Albert Rémy). Após sucessivos problemas na escola e em seu lar, o adolescente resolve fugir de casa e complica sua vida quando realiza pequenos furtos pela cidade. 

21.05 – Suspense/Guerra – Roma, cidade aberta – (Itália, 16 anos, 1945, 103’). 
Em Roma, durante a Segunda Guerra Mundial, Giorgio Manfredi (Marcello Pagliero) é um dos líderes da resistência que está sendo perigosamente perseguido pelos nazistas. O filme de Roberto Rossellini documenta a ocupação nazista de Roma e a bravura da resistência italiana. É reconhecido mundialmente por ser o precursor do neo-realismo italiano e foi agraciado com o Grande Prêmio do Festival de Cannes, em 1946. 

23.05 – Biografia/Histórico – Macbeth – (EUA, 14 anos, 1971, 140’). 
Adaptação do clássico de William Shakespeare ao cinema, Macbeth, de Roman Polanski, narra a história de um senhor escocês (Jon Finch) que, após uma profecia, mata o rei para assumir o trono. Em seu reinado de sangue ele jamais alcança a paz e sua esposa Lady Macbeth (Francesca Annis), tomada pela culpa, começa a enlouquecer ao mesmo tempo em que os inimigos conspiram para retomar o poder. 

28.05 – Aventura – Deus e o diabo na terra do sol – (Brasil, 12 anos, 1964, 120’). 
Manuel (Geraldo Del Rey) é um vaqueiro que se revolta contra a exploração imposta pelo seu patrão e acaba matando-o em uma briga. Ele passa a ser perseguido por jagunços e foge com sua esposa Rosa (Yoná Magalhães), juntando-se aos seguidores do beato Sebastião (Lidio Silva), que promete o fim de qualquer sofrimento. Enquanto isso, Antônio das Mortes (Maurício do Valle), um matador de aluguel que presta serviço à Igreja Católica e aos latifundiários da região, extermina os seguidores do beato. 

30.05 – Faroeste – O homem que matou o facínora – (EUA, 12 anos, 1962, 123’). 
O senador Ransom Stoddard (James Stewart) volta à cidade onde passou a juventude para o enterro do amigo Tom Doniphon (John Wayne). Lá revive os anos de sua iniciação política e conta a verdadeira história sobre como o terrível bandido Liberty Valance (Lee Marvin) foi morto. 

Projeto CineCentro | CineClássico
Terças e quintas-feiras: 19h | Auditório | Entrada Franca
Centro Cultural UFMG 
Av. Santos Dumont, 174 – Centro. 
Belo Horizonte – MG 
(31) 3409-8280 
https://www.facebook.com/centroculturalufmg

Adicionar Comentários

Clique para comentar