Carmina Burana na série Sarau no Café 12/02

Na primeira apresentação de 2019 da série Sarau no Café, o Coral Lírico de Minas Gerais interpreta trechos de uma das mais consagradas composições do repertório erudito: Carmina Burana, de Carl Off. O concerto de abertura da série terá regência do maestro argentino Hernán Sánchez e acompanhamento ao piano de Fred Natalino. Obra muito conhecida do canto coral, Carmina Burana é uma louvação à Deusa Fortuna, divindade greco-romana que governa a sorte (boa ou má) e o destino das pessoas.

A primeira de uma trilogia de cantatas de Carl Orff, a peça é uma seleção de 25 canções retiradas de obra homônima, datada do século XII, que reúne aproximadamente 400 poemas medievais profanos, escritos em Latim, Francês Meridional e Alemão da Alta Idade Média.

As canções foram compostas e compiladas por bávaros conhecidos como Goliardos, eruditos e clérigos afastados da Igreja Católica dedicados à composição de poemas satíricos e cínicos que muitas vezes relatavam problemas sociais, erotismo e os prazeres da vida. O nome vem do Latim e quer dizer Canções de Beuren, referindo-se ao Monastério Beneditino, em Bendiktbeuren, na região da Bavária, Alemanha.

Data: 12/2 (terça-feira)

Horário: 12h

Local: Café do Palácio – Palácio das Artes

Endereço: Av. Afonso Pena, 1.537 – Centro – Belo Horizonte

Entrada gratuita

Informações para o público: (31) 3236-7400 | www.fcs.mg.gov.br

Adicionar Comentários

Clique para comentar