Baile do Chico em Belo Horizonte 15/12

Dia 15 de DEZEMBRO, BELO HORIZONTE recebe o “BAILE DO CHICO”
Os fãs de CHICO BUARQUE de BELO HORIZONTE, terão doze dupla no mês de Dezembro, para celebrar a obra de um dos mais importantes artistas da MPB.
“CARAVANAS’ TURNÊ do artista tem estreia nacional na capital mineira, mas a boa notícia não para por ai. Na mesma semana, a Turnê do show ‘BAILE DO CHICO”, show comandado por  Max Robert (ex-integrante do grupo “O TERÇO”) e Marcê Porena, duo  que possui uma expressiva presença na cena da MPB com trabalhos com artistas como” PAULINHO MOSKA, GUINGA, entre outros desembarca também na cidade.

O show, traz somente canções de CHICO BUARQUE, em versões que desconstroem a obra do artista, sem perder a sofisticação.
Sintetizadores, batidas eletrônicas e guitarras se juntam às melodias e poesias de Buarque.
Clássicos como: “Geni e o Zepelim”, “João e Maria”, “Cotidiano” entre outras, ganham vida e mostram que  a obra de CHICO é atemporal.
O Show acontece no point alternativo da cidade, a ‘VELMA” danceteria, casa aberta à diversidade.
Talvez o carioca Chico, seja o autor brasileiro que mais perpetua em sua obra a tradição com a modernidade e faz com maestria essa mistura chegar ao público, seja ele de sua geração, ou até mesmo os mais novos e interessados pela boa música.

Chico é clássico, mas também é popular explica o duo formado pelos músicos Max  (ex-integrante do grupo “O TERÇO) e Marcê que lançam o show “BAILE DO CHICO”, projeto paralelo dos artistas que traz uma nova roupagem e versões do cancioneiro de Buarque e que passará por BELO HORIZONTE  dia 15 de DEZEMBRO, na VELMA DANCETERIA.

Meses após lançarem novo single e clipe do novo projeto autoral com a participação de Paulinho Moska, o show teve sua estreia no mês de ABRIL passando por Recife, João Pessoa, São Paulo, Juiz de Fora, Porto Alegre, Rio de Janeiro, Lajeado, Bauru.

Canções da década de 60 como: “A Banda” (1966), “Essa Moça Tá Diferente” , “João e Maria” (Sivuca e Chico Buarque) 1977, “Terezinha” ( 1977 e 78) e muitos outros sucessos do artista chegam com arranjos que trazem influências e referências a ritmos associados à cultura pop carioca.

 Está sendo desafiador pra nós mexermos nas obras, pois nos acostumamos ouvir as versões originais. As melodias e as letras continuam intactas nas novas versões e, fizemos um trabalho minucioso de análise para poder readequar alguns acordes que soariam melhor para a proposta do trabalho; explica Max.

Me lembro quando ouvi pela primeira vez  Chico Buarque, foi Feijoada Completa” de 1978, tinha 6 anos de idade e até hoje aquela cena é presente em minha memória; explica Marcê.

A canção “Essa Moça Tá Diferente”, que já pode ser conferida, é a primeira música do projeto a ser lançada.

☛ 15 de DEZEMBRO (seta-feira) | 23h

LOCAL: VELMA DANCETERIA

Av. Silviano Brandão, 2551, Horto, 31030-035

facebook: http://www.facebook.com/bailedochico

INGRESSOS ANTECIPADO: R$ 20,00

https://www.sympla.com.br/baile-do-chico-em-belo-horizonte__212629

Patrocinado