Alguidares reabre de cara nova

Fechado durante a pandemia, tradicional restaurante baiano volta à cena repleto de novidades no salão, cozinha e hall de entrada

Após quase seis meses fechado, por conta da pandemia, operando apenas por delivery, um dos restaurantes ícones de Belo Horizonte, o Alguidares, dedicado à culinária baiana, acaba de voltar a ativa. Os temperos das moquecas, acarajés e outros quitutes da terra de Jorge Amado, preparados pela chef Deusa Prado, também proprietária da casa, continuam os mesmos [irresistíveis e premiados, diga-se de passagem], mas o estabelecimento retorna para seus clientes repleto de novidades. A cozinha ganhou pisos e azulejos novos. Os adornos e objetos de decoração, espalhados pelo salão, [um ‘q’ a mais para transportar os comensais até o clima quente e colorido da Bahia], também foram repaginados. Um dos degraus da escada de entrada do restaurante foi retirado para elevar o hall ao nível do salão. Já o quiosque de espera ganhou bancos e almofadas ainda mais aconchegantes.

Segundo Deusa, conhecida por muitos como uma das melhores anfitriãs da cena belo-horizontina, as mudanças foram mais que necessárias. “O ambiente precisa trazer comodidade. Quero que os meus clientes se sintam em casa, quando aqui chegam. E como minha alma de baiana é inquieta, já estava mais do que na hora dessas novidades ganharem corpo”.

         O Alguidares funciona para almoço, de terça-feira a domingo, a partir de 12h. Nos jantares a casa está aberta de segunda-feira à sábado, a partir de 18h.

Adicionar Comentários

Clique para comentar