Abertura da Exposição Até Aqui de Ariel Ferreira 20/07

ABERTURA DA EXPOSIÇÃO “ATÉ AQUI” DE ARIEL FERREIRA  EDITAL NOVOS ARTISTAS DO MEMORIAL VALE

 Reiniciando o ciclo de exposições do Edital Novos Artistas, o Memorial Minas Gerais Vale abre neste sábado, dia 20 de julho, às 11 horas, a quinta edição do Edital, com a mostra “Até Aqui”, de Ariel Ferreira. A entrada é gratuita. O Memorial Vale fica na Praça da Liberdade, 640, esq. Gonçalves Dias.

A obra de Ariel é feita a partir de pigmentos recolhidos pelo artista em diferentes localidades do quadrilátero ferrífero mineiro. Com a mistura desses diversos tons, ele cobriu as paredes do espaço expositivo, tendo o alcance de seus gestos corporais por medida. Integram a mostra outros trabalhos em fotografia e vídeo nos quais Ariel revela, por operações reduzidas e precisas, visões poéticas de insuspeita delicadeza no cotidiano urbano da paisagem social.

Na sequência, virão os outros selecionados no Edital Novos Artistas: Davi de Jesus do Nascimento, Luiza Alcântara e Sara não tem nome. Eles integrarão um grupo de pesquisa e discussão com acompanhamento crítico da professora Maria Angélica Melendi e do curador das exposições individuais do Edital, Júlio Martins. O Comitê de seleção foi formado por Julio Martins, Maria Angélica Melendi, Wagner Tameirão, Gabriela Brasileiro e Gustavo Rodrigues.

Comitê de seleção

Julio Martins

Curador, editor e escritor. Mestre em Artes Plásticas pela Escola de Belas Artes – UFMG. Formou-se em Artes pela Escola Guignard – UEMG e História pela UFMG. De 2014 a 2019 foi Curador Residente do MAES – Museu de Arte do Espírito Santo Dionísio Del Santo (Vitória). Participou em 2009 do Programme Courants du Monde, na Maison des Cultures du Monde (Paris). De 2008 a 2011 foi Curador Geral do Museu Inimá de Paula (Belo Horizonte). Foi Curador Viajante do Rumos Artes Visuais 2011-2013, Instituto Itaú Cultural (São Paulo). Em 2012 realizou a exposição “through the surface of the pages …” no DRCLAS, Harvard University (Cambridge).

Maria Angélica Melendi

Doutora em Estudos Literários pela UFMG (1999). Professora do Programa de pós-graduação em artes da Escola de Belas Artes da UFMG. Investiga as demandas de memória desenvolvidas pela arte contemporânea na América Latina em relação aos terrorismos de estado e à violência social, tema sobre o qual publicou livros e artigos em periódicos e revistas acadêmicas. É criadora e coordenadora do Grupo de Pesquisa Estratégias da arte em uma era de catástrofes e editora da Revista Lindonéia.

Wagner Luiz Gomes Tameirão

Formado em Comunicação Social – Publicidade e Propaganda, pela PUC Minas e pós-graduado em Administração em Marketing pela Fundação João Pinheiro. Tem diversos cursos na área de gestão cultural. Trabalha na área cultural há 25 anos. Atualmente é Gerente do Memorial Minas Gerais Vale, integrante do Circuito Liberdade e foi presidente da Estação Conhecimento Vale do Jequitinhonha. Também atua como professor de gestão e produção cultural. Dirige o “Horizontes Urbanos – Mostra Internacional de Dança em Espaços Urbanos” e o “1, 2 na Dança” em parceria com Jacqueline Castro. Trabalhou na gestão do Teatro Alterosa de 1994 a 2011, tendo criado projetos culturais que promoveram o mercado cultural da cidade.

Gabriela Brasileiro

Graduou-se em Artes Visuais pela escola de Belas Artes da UFMG no ano de 2008. Neste período desenvolve trabalho autoral por meio da pintura. Participou do circuito de exposições de Belo Horizonte e São Paulo. Hoje ainda trabalha com a pintura, e se arrisca com algumas novas mídias como Instalação e Vídeo. Além do trabalho autoral, divide seu tempo com a arte educação museal. Atua como educadora desde 2012, fazendo parte do Educativo do Memorial Minas Gerais Vale desde 2016.

Gustavo Rodrigues

Artista visual, educador e pesquisador, graduado na Universidade do Estado de Minas Gerais. Trabalhou em espaços não-formais de educação, como o Instituto Inhotim e a 9ª Bienal do Mercosul, em Porto Alegre. Como artista, propicia diálogos relacionados a nudez e sexualidade, abordagens recorrentes em suas obras, expondo em feiras de rua, festas e eventos que celebram a diversidade. Dentre as exposições que participou, destacam-se a Arte Generada, movimento contra a censura em 2017, na Escola de Arquitetura UFMG, e Arte & Visibilidade & Resistência, na UEMG Divinópolis, em 2019. Atualmente, integra a equipe educativa do Memorial Minas Gerais Vale.

SERVIÇO

Abertura da ExposiçãAté Aqui, de Ariel Ferreira  5º edição do Edital Novos Artistas do Memorial Minas Gerais Vale

Dia 20 de julho (sábado)

Horário: 11 horas

Local: Memorial Vale, Praça da Liberdade, 640, esquina com Gonçalves Dias.

MEMORIAL MINAS GERAIS VALE

Endereço: Praça da Liberdade, 640, esq. Gonçalves Dias 

Horário de funcionamento: terças, quartas, sextas e sábados, das 10h às 17h30, com permanência até 18h. Quintas, das 10h às 21h30, com permanência até 22h. Domingos, das 10h às 15h30, com permanência até 16h.

http://www.memorialvale.com.br
https://www.facebook.com/memorialvale
https://www.youtube.com/user/memorialvale

www.memorialvale.com.br/visite/visita-virtual/

Adicionar Comentários

Clique para comentar