17º Encontro Cultural de Milho Verde 15/07 a 23/07

O encontro acontecerá entre os dias 15 e 23 de Julho de 2017. O Edital para Oficinas e Apresentações Artísticas fica aberto até o dia 10 de maio. O envio do material é online e pode ser acessado através dos link´s:
Link da Página para acessar mais informações e os link´s para inscrição e informações:
Há 17 anos iniciamos nossa jornada no cerrado do Alto Jequitinhonha, região centro-norte de Minas Gerais, em um pequeno povoado que escondia – por trás de suas casinhas de barro e seus moradores hospitaleiros – um imenso baú de culturas, saberes populares e riquezas naturais.

Ao nos aventurarmos, pela primeira vez, em apoiar, propagar e movimentar essas culturas e riquezas num espaço e num tempo de estímulos e trocas, vimos nascer não apenas o Encontro Cultural de Milho Verde em 2000, mas o nascimento do próprio Instituto Milho Verde.

Não paramos por aí! Desde lá nos afirmamos tanto como catalisadores de ações culturais como também de ações ambientais e socias na regiao milhoverdense. Desenvolvemos um papel importante na criação do Monumento Natural da Várzea do Lajeado e Serra do Raio, importante área de preservação das águas e vegetação nativa, e proporcionamos também o desenvolvimento de inúmeros projetos que fomentam a economia local, a educação e a inclusão social: Centro Comunitário, Sala de Leitura, Pharmacinha de Plantas Medicinais (manipulaçao de remédios naturais gratuitos), grupo de bordadeiras Bordados da Barra, Ponto de Cultura, etc.

Somos uma entidade sem fins lucrativos, com o objetivo de promover as atividades culturais, a preservação ambiental e o apoio comunitário em Milho Verde. Nosso trabalho é desenvolvido por meio de ações cooperativas, voluntariado e gestão horizontal.

O Encontro Cultural ocorre todos os anos desde 2000, sempre no mês de julho, em Milho Verde, distrito de Serro, MG. Ao longo de uma semana, diversas atividades artisticas e culturais são propostas à população local, às comunidades vizinhas, incluindo as comunidades quilombolas do Ausente e Baú, além dos visitantes oriundos das diversas regiões de MG e outros estados, de modo inteiramente gratuito. Oficinas, apresentações artísticas e debates sobre temas variados conformam a programação desse evento, que vem crescendo e se enriquecendo a cada nova edição. O Encontro tem hoje grande importância para a vida das comunidades de Milho Verde, para o Alto do Vale do Jequitinhonha e para a agenda cultural de Minas Gerais.

Adicionar Comentários

Clique para comentar