12º Baile do PisaQuando 14/12

Dia do Forró: Pisa na Fulô fecha 2019 com baile que celebra o aniversário de Luiz Gonzaga no dia 14 (sábado)

Baile do Pisa acontece no Catavento Cultural, com participações do Trio Lampião e de Cimara Fróis; 12a edição da festa abre alas para o Carnaval de 2020

“Quero ser lembrado como o sanfoneiro que amou e cantou seu povo, o sertão, as aves, os animais, os padres, os cangaceiros, os retirantes, os valentes, os covardes e o amor”. A frase é de Luiz Gonzaga, um dos nomes mais importantes da música popular brasileira, que no dia 13 de dezembro completaria 107 anos de vida. No sábado, 14, um dia após a data – hoje celebrada como o Dia Nacional do Forró – acontece a 12a edição do Baile do Pisa em 2019. A festa do Pisa na Fulô, primeiro bloco de forró do Brasil, ocupa o Catavento Cultural e conta com a participação do Trio Lampião, da sanfoneira e cantora Cimara Fróis (Trio Mana Flor, Xote das meninas), além de discotecagem do DJ Rubens.

Parceria do Pisa com o Quintal de Jabu, o baile encerra o ano de 2019 e abre caminhos para o desfile de 2020. “Os bailes do Pisa são o que financiam o nosso Arraial e o nosso Carnaval. Todo o recurso de bilheteria vai para o bloco”, explica Drica Mitre, uma das vocalistas do grupo, destacando a configuração da bateria do bloco, cuja instrumentação típica do forró é composta por zabumba, agogô de coco e triângulo. “Nos bailes, toda a bateria toca. Também sempre abrimos uma roda durante a apresentação, para que as pessoas dancem forró”, diz. O evento ainda conta a tradicional feira de Mangaio, com produtos carnavalescos e uma barraca com venda exclusiva de produtos do Pisa.

O repertório da apresentação se debruça sobre uma pesquisa que mira o universo do forró, cultura musical genuinamente brasileira. Com harmonia formada por três vocais, duas sanfonas e baixo acústico, o bloco entoa clássicos de Luiz Gonzaga, Dominguinhos, Marinês, Gilberto Gil, Alceu Valença, Geraldo Azevedo e outros que marcam o gênero. Assim, a apresentação mistura ritmos como xote, baião e rastapé, e são sempre marcadas pela participação do público.

Nesta edição, o grande foco será dado a Gonzagão, baluarte do universo forrozeiro e aniversariante do fim de semana. “Luiz Gonzaga é uma referência para a música popular brasileira e para o forró. Além de reverenciar sua obra, gostamos muito da temática que ele aborda em suas músicas”, afirma um dos sanfoneiros do Pisa, Thiago Gazzinelli. “Gonzagão cantava a sabedoria popular do homem do sertão, a história triste das migrações. Consegue transmitir isso muito bem”, sublinha.

Sábado, 14 de dezembro, das 14h às 23h

Onde. Catavento Cultural (Rua Ozanam, 700, Ipiranga)

Quanto. De R$ 10 a R$ 30 (inteira) | Vendas online pela Sympla e na portaria


Adicionar Comentários

Clique para comentar