1° Festa do Queijo 08/12

Certamente, o queijo é o mais tradicional e icônico alimento de Minas Gerais. Reconhecido como patrimônio gastronômico e cultural do estado, ele está presente em inúmeros e deliciosos pratos doces e salgados – das opções mais tradicionais às mais criativas –, e integra a mesa dos mineiros há séculos. E isso não é mera força de expressão.

O alimento faz parte da nossa história desde o começo do século XVIII e, ao longo dos anos, a produção desse laticínio no estado se desenvolveu e se tornou a maior do país. Hoje, ela é superconceituada e conta com vários tipos de queijos premiados pela sua grande qualidade no Brasil e no exterior.

Para apresentar ao público toda essa variedade e valorizar esse símbolo de Minas, Belo Horizonte sediará a 1ª Festa do Queijo, no dia 8 de dezembro (domingo), a partir de 10h. O evento, que será gratuito, terá dezenas de queijos, divididos em stands de produtores, de várias localidades do estado, destacando a diversidade de tipos, sabores, aromas e texturas dos melhores produtos que são feitos em terras mineiras.

Quem for à festa poderá saborear produtos artesanais e industriais de várias regiões queijeiras de Minas (Serra da Canastra, Alagoa, Serro, Araxá, Serra da Mantiqueira, Campo das Vertentes, Zona da Mata e Cerrado) e de outros lugares. “Teremos produtores de queijos de leites de vaca, cabra, ovelha e búfala de várias receitas e regiões mineiras. Esse evento atenderá a todos os perfis de público, desde aquele que aprecia sabores mais suaves, até aqueles preferem os mais intensos”, conta o curador do evento, jornalista e especialista em queijos, Eduardo Girão.

A expectativa do organizador da festa, Léo Soares, é receber cerca de 10 mil pessoas nessa que será primeira comemoração ao ar livre da cidade dedicada exclusivamente ao queijo e suas versões. Segundo ele, tudo está sendo preparado cuidadosamente, pois o evento entrará para a programação oficial do aniversário de Belo Horizonte deste ano e terá como objetivo crescer e fazer parte do calendário de comemorações da cidade para incentivar o turismo a capital e no estado.

“Queremos receber gente do país inteiro para divulgar a alta qualidade dos queijos mineiros e democratizar o conhecimento sobre eles. O que temos aqui não há em lugar nenhum do país. É impressionante a quantidade e as diferenças de tipos (e nuances de sabores) de queijo que apenas um estado apenas produz”, destaca o organizador.

Ainda de acordo com ele, a festa também contará com a participação de 10 importantes restaurantes que vão apresentar comidas e pratos variados, que terão como objetivo valorizar a riqueza dos produtos mineiros e, principalmente, o uso do queijo na gastronomia. No menu, estarão garantidas opções de sanduíches, pizzas, diversas massas e pratos típicos da culinária do estado, bem como a venda de cervejas Wäls, vinhos, cafés, cachaças, Fabulosa Limonada e drinks com Diego Kruz.

Oficinas gratuitas

A festa será um ótimo programa para toda família aproveitar o domingo do dia 8. Além de contar com excelente comida, ela terá atividades variadas que vão se estender ao longo do dia. De manhã até o comecinho da tarde, os visitantes poderão participar de oficinas gratuitas em que aprenderão mais sobre os tipos de queijos (e como diferenciá-los); descobrirão na prática formas distintas de usá-lo em inúmeras receitas doces e salgadas; e como criar algumas das melhores e mais saborosas harmonizações, incluindo como combinar alguns tipos de queijo com cervejas e cafés.

As inscrições para as oficinas deverão ser feitas a partir de 30 minutos antes do início de cada uma e será respeitada ordem de chegada. Não serão aceitas inscrições de uma mesma pessoa para mais de uma oficina. 

Horários:

10h30 –  Harmonizando queijo e café com a Academia do Café.

11h30 –  Uso do queijo na confeitaria com a Chef Mariana Corrêa. Receita e degustação.

12h30 –  Queijos afinados com João Bello. A técnica de afinação, trajetória do afinador, conservação do queijo em casa e degustação.

13h30 – Harmonizando queijo e cerveja com a Sommelier Fabiana Arreguy.

Música e outras atrações

Após as oficinas de harmonizações, o público poderá aproveitar shows ao vivo que terão uma pegada bem brasileira. Às 13h30, Renato Caetano tocará Beatles na Viola Caipira; às 15h30 será a vez do grupo Briga de Galo (presentear os visitantes com um delicioso samba de roda; e, às 17h30, a banda Odilara subirá ao palco para embalar a todos com o melhor da MPB e do samba rock.

Quem estiver no evento também poderá conferir ao longo do dia a mostra de produtos artesanais do Urban Sketchers. Esse é um movimento internacional criado por arquitetos, desenhistas, ilustradores e demais interessados, que se reúnem para a prática de desenho de observação de paisagens urbanas ou naturais, em ambiente interno ou externo.

Associações de produtores confirmados:

APROCAN – Associação dos Produtores de Queijo Canastra;

APAQS – Associação dos Produtores Artesanais de Queijos do Serro;

Associação Regional dos Produtores de Queijo Minas Artesanal de Araxá;

Associação dos Produtores de Queijo do Cerrado;

AQUAVER – Associação dos Queijeiros Artesanais das Vertentes da Mantiqueira;

AproAlagoa – Associação dos Produtores de Queijo Artesanal de Alagoa.

Produtores individuais

Rancho das Vertentes (queijos de cabra);

D’Chèvre (queijos de cabra);

Capril Santa Cecília (queijos de cabra);

Fazenda da Ovelha (queijos de ovelha);

Blu Alimentos (queijos de búfala);

Produtos GOA;

Laticínios Nosso (queijo do reino).

Restaurantes e chefs já confirmados

Duke ‘n’ Duke

Chef Vicent Ramos

Produto: Burger “Benson” – Pão de Sal, burger de picanha 160g, queijo artesanal mineiro maçaricado e molho de goiaba levemente picante e bacon

Empório Graças a Deus –

Padeiro Fernando Bebber

Produto: Pães artesanais e Raclete de queijo canastra servido na baguete francesa

Pizza Aperitivo

Será produzida uma pizza especial para o evento com queijos artesanais mineiros.

Restaurante Dona Lucinha

Chef Márcia Nunes

Pastel de angu de queijo, Acarajé Mineiro e Tropeirinho

Chef Carol Fadel

Crème Brûlée de doce de leite e queijo artesanal

Restaurante Omília

Chef Gabriel Trillo

Paella da Canastra (Paella mineira gratinada com queijo canastra) – gratinada ao vivo.

Coxinha de rabada com requeijão moreno do Serro

Queijaria 3 Reis

Pão de queijo recheado com queijo 3 Reis na raclete.

Fiorella Gelato

Será produzido especialmente para o evento um gelato de queijo artesanal com calda de goiabada. Romeu e Julieta e Cheesecake de frutas vermelhas.

O Compoteiro – Bistrô

Chef Bacho Gibran

Dadinhos de queijo empanado com bacon e geleia de pimenta.

Belle Quiche

Quiches de variados sabores com diversos queijos mineiros   parmesão, canastra, muçarela e gorgonzola.

Stands de bebidas

Cervejaria Wäls, drinks com Diego Kruz, Fabulosa Limonada, vinhos e café.

Data: 8 de dezembro (domingo)

Horário: De 10h às 21h

Local: Av. Getúlio Vargas, entre Av. do Contorno e Rua Alagoas.

Patrocínio: Wäls – Cerveja Arte, Prefeitura de Belo Horizonte e Belotur.